23.2 C
Serra
quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Novo atacarejo vai gerar 150 vagas de emprego e já está contratando

Leia também

Capixabas participam da convenção do partido de Bolsonaro, em Brasília

Um grupo de capixabas está em Brasília para participar da primeira convenção do Aliança pelo Brasil, partido do presidente...

Serranos participam de seletiva de Vôlei Adaptado em Vitória

Eles têm 50, 60 e até 70 anos, mas, com uma vitalidade de dar inveja em muito marmanjo por...

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições

Há oportunidades para repositor, operador de empilhadeira, caixa, açougueiro, padeiro, estoquista. Foto: Divulgação

Estão abertas 150 vagas de trabalho para o novo atacarejo que a Serra vai ganhar, o Atacado Vem. Há oportunidades para repositor, operador de empilhadeira, caixa, açougueiro, padeiro, estoquista, entre outros.

Os interessados devem cadastrar currículo no site www.atacadovem.com.br. Para se candidatar será necessário ter pelo menos 18 anos. Algumas oportunidades dispensam obrigatoriedade de experiência na função. A empresa não receberá currículos na Central Administrativa ou no canteiro de obras.

De acordo com a assessoria de imprensa do Atacado Vem, a loja deve ser inaugurada no último trimestre do ano. As obras estão em andamento e a loja ficará às margens da BR 101, na altura de José de Anchieta, frente à principal entrada de Laranjeiras.

O Atacado vem é o primeiro investimento em atacarejo do grupo Coutinho, controlador das marcas Extrabom, Extraplus, Hortomercado e Extracenter.

O investimento é da ordem de R$18 milhões e vai gerar 150 vagas diretas. O atacarejo terá uma área construída de 3,5 mil m² em um terreno de 13 mil m².

O ambiente será totalmente refrigerado, com estacionamento para motos, carros e bicicletas e acessibilidade para clientes com mobilidade reduzida.

A promessa é de que estejam disponíveis cerca de 8 mil produtos sortidos, para consumo próprio, quanto para empresas. O pagamento poderá ser realizado à vista em dinheiro, cartão de débito, crédito ou por meio de tíquete alimentação.

O preço dos produtos sofrerá abatimento de acordo com o volume comprado do mesmo item. Para compras institucionais (com CNPJ) há condições diferenciadas na loja e no televendas.

De acordo com o diretor-presidente do Grupo Coutinho, Luiz Coutinho, o Atacado Vem chegou especialmente para ofertar preço baixo. “O sistema de atacarejo permite  condições especiais para compras de volume e maior economia. Existe um público interessado neste tipo de experiência e, por isso, vamos complementar os serviços da nossa Rede, a partir do lançamento do Atacado Vem”, explica.

Comentários

Mais notícias

Serranos participam de seletiva de Vôlei Adaptado em Vitória

Eles têm 50, 60 e até 70 anos, mas, com uma vitalidade de dar inveja em muito marmanjo por aí. Esses são os vovôs...

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições

Erick Musso escreve um ciclo de independência da Assembleia e responsabilidade com o ES

Artigo de Opinião do Jornal Tempo Novo   Em meio a uma articulação para antecipar a eleição da mesa diretora, o presidente da Assembleia Legislativa, Erick...

Rotina: jovem é assaltada na Serra às 4h da manhã indo trabalhar

https://youtu.be/Lo_QtrFaxyg Assaltos a pontos de ônibus e a qualquer hora do dia. Quem mora em Nova Carapina II está tendo que conviver com este problema...

Você também pode ler

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!