Na semana da Enfermagem, conheça o profissional cujo dever é cuidar das pessoas | Portal Tempo Novo

Serra, 24 de julho de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 15 de maio de 2019 às 11:12

Na semana da Enfermagem, conheça o profissional cujo dever é cuidar das pessoas


Fabiana dos Reis é supervisora de enfermagem da Upa de Carapina. (Foto: Divulgação)

Durante a semana da enfermagem, comemorada de 12 a 20 de maio, a Organização Social Mahatma Gandhi, que passou a gerir a Upa de Carapina há um mês, ressalta a importância do profissional de enfermagem no cuidado e tratamento do paciente.

Segundo a supervisora de enfermagem da Upa, Fabiana dos Reis Juvencio Neicesse, “a enfermagem atua no processo de educação continuada, na assistência primária e no cuidado após o diagnóstico de doença. Esse profissional cuida para que a longo prazo o paciente não precise de internações e tenha uma melhor qualidade de vida. ”

A profissional ressalta que, em unidades de emergência e prontos-socorros, o enfermeiro atende pacientes que necessitam de cuidados urgentes, que foram vítimas de acidente ou estão sofrendo uma crise de dor. Fabiana explica como deve agir o enfermeiro diante dessas situações. “Ele precisa ser forte e ágil nos procedimentos. Seu trabalho inicia antes mesmo de o paciente chegar, garantindo que o local esteja organizado; os equipamentos, testados; e os materiais, em fácil acesso”. 

Para ela, atuar em saúde pública é um desafio diário, pois o maior objetivo é a resolutividade. “Mas, acimo de tudo, nos colocamos no lugar do outro, de quem está sendo atendido, com algum tipo de problema e em busca de uma solução. Portanto, é preciso entender que essa pessoa pode estar mais nervosa ou insegura. Por isso é normal encontrarmos situações de descontrole emocional e temos que saber lidar com tudo isso”, pondera.

O papel do enfermeiro

A supervisora de enfermagem da Upa de Carapina explica que uma das tarefas primordiais do enfermeiro é ter atenção a detalhes que podem salvar vidas. “Como passamos muito tempo com o paciente, criamos um elo de confiança que nos permite saber situações particulares que podem ajudar no tratamento”. Para Fabiana, é por essa razão que o profissional deve ser paciente para ouvir as pessoas e entender as razões de certos comportamentos, muitas vezes causados por nervosismo, medo e raiva, seja pela doença ou por outras preocupações. “Um gesto de calma e atitudes como palavras de ânimo fazem parte de nossa rotina”, frisa.

E como são duas profissões cujas tarefas ainda suscitam dúvidas, Fabiana dos Reis explica as diferenças básicas entre o enfermeiro e o médico. “É o enfermeiro que cuida do paciente e o acompanha de perto para que a sua recuperação seja feita de forma eficiente; enquanto o médico investiga, diagnostica e trata doenças”.




O que você acha ?

Como você avalia os 6 primeiros meses de Contarato no Senado?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por