24.1 C
Serra
terça-feira, 20 de outubro de 2020

Motorista de aplicativo é morto a tiros na Serra

Leia também

Com 133 casos em nove meses, assassinatos crescem 30% na Serra  

A violência não dá trégua na Serra. Entre janeiro e setembro, 133 pessoas foram assassinadas na cidade, numero 30%...

Time de Colina de Laranjeiras é o campeão do Brasileiro da Serra

O Colina Futebol Clube é o atual campeão Brasileiro da Serra. Criado em 2017, time de futebol amador tem...

Serra ultrapassa os 18 mil casos confirmados e já registra 525 mortos por Covid-19

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O crime aconteceu na rodovia ES 010 próximo ao Status Motel. Foto: Divulgação

Um motorista de aplicativo foi morto a tiros em Jardim Limoeiro, na Serra, no final da noite desta quarta (16). O crime aconteceu no mesmo bairro em que o comerciante Zeca Dalmerry foi assassinado quando levava um malote de dinheiro contendo R$ 52 mil para um banco.

O jovem motorista Lucas Ferreira Alves, de 23 anos, foi morto na rodovia ES 010, próximo ao Status Motel por volta das 23h de ontem (16).

Além dele, havia outra pessoa no carona, sobre esta vítima, não se sabe se a pessoa era alguém da família, amigo ou cliente. Lucas foi atingido por tiros dentro do carro que estava dirigindo.

Segundo informações divulgadas por policiais, o carro de Lucas foi perseguido pelos criminosos, que atiraram de outro veículo e conseguiram matar a vítima. Além do motorista, uma outra pessoa que estava de carona no carro também foi atingida, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde dessa segunda vítima, que foi encaminhada a um hospital.

A vítima é filho do ambientalista e morador da Serra, Bismarke Ferreira. Pelas redes sociais, o pai de Lucas lamentou o óbito e informou ainda que o assassinato ocorreu dentro do carro que ele deu de presente para o filho trabalhar como motorista de aplicativo. Amigos e familiares deixaram suas mensagens de consolo.

O TEMPO NOVO procurou a Polícia Militar que disse que na noite da quarta-feira (16), policiais militares foram acionados para ir até a ES 010, no bairro Jardim Limoeiro, Serra, pois havia a informação de que um veículo de passeio tinha acabado de ser atingido por disparos de arma de fogo. No local a equipe visualizou um carro com um indivíduo desacordado dentro. Foi feito contato com o Samu, que foi ao local e constatou o óbito da vítima. A Polícia Civil foi acionada.

A Polícia Civil informou que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Serra. Até o momento nenhum suspeito foi detido e outras informações não serão repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser liberado pelos familiares e para ser feito o exame cadavérico, que apontará a causa da morte.

A Polícia Civil destacou que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.
O enterro de Lucas será hoje (17) às 15h30, no cemitério em São Domingos, na Serra-Sede.

Vakinha

Os familiares de Lucas alertam que está sendo feito uma vakinha que diz que o valor arrecadado é para ajudar a vítima do crime, Lucas.

Via redes sociais a família diz que desconhece a vakinha e que é para amigos e familiares ignorarem qualquer tipo de pedido de  dinheiro.

“Galera me avisaram agora que têm uma vakinha rodando aí pedindo doação pro meu filho etc.. É golpe. Não faço a mínima ideia desta situação”, diz o aviso do pai de Lucas, Bismarck e acrescenta “por ser uma pessoa muito querida, tem gente querendo aproveitar essa situação. Ele está lá no IML e assim que tivermos informações sobre o velório passaremos a todos. Nesse momento vamos apoiar em oração”.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Time de Colina de Laranjeiras é o campeão do Brasileiro da Serra

O Colina Futebol Clube é o atual campeão Brasileiro da Serra. Criado em 2017, time de futebol amador tem três anos de história, mas...

Serra ultrapassa os 18 mil casos confirmados e já registra 525 mortos por Covid-19

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de 18 mil moradores...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!