Mosquitos invadem bairros após chuvas e município amplia combate | Portal Tempo Novo

Serra, 17 de dezembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 4 de Maio de 2018 às 10:01

Mosquitos invadem bairros após chuvas e município amplia combate


 

Uma das estratégias contra a infestação de pernilongos é o uso do carro fumacê, além de visitas de agentes e uso de armadilhas. Foto: Arquivo TN

Gabriel Almeida

Após fortes chuvas, o aumento de mosquitos em comunidades da Serra tem incomodado os moradores. Por sua vez, o município diz ter ampliado as ações de combate, especialmente contra o Aedes aegypti, transmissor das temidas dengue, zika e chikungunya.

Um dos bairros afetados é Jardim Limoeiro, quem conta é a moradora Bárbara Ribeiro que afirma que sua casa está sendo invadida pelos pernilongos.

Bárbara conta que é obrigada usar muito repelente durante a noite. “Quando começa a escurecer a casa fica cheia de mosquito. Durante a noite vivo à base de repelente e de ventilador pra tentar amenizar”, afirma.

Outra comunidade que também está sofrendo com os insetos alados e bebedores de sangue é José de Anchieta. Quem reclama é a moradora do bairro, Margarida Couto. “Virou uma verdadeira infestação de mosquito. Chega o fim da tarde eles entram na casa e começam a picar a gente. Tenho que usar ventilador a noite toda pra não acordar toda picada”, reclama.

Já a moradora de Residencial Vista do Mestre, Cleiane Pereira, disse que tem que usar inseticida na sua casa para amenizar os mosquitos. “Uso muito inseticida e tenho que passar repelente em mim e nos meus filhos. Desde a última chuva, os mosquitos aumentaram e muito aqui no bairro”, conta.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura da Serra que explicou que a passagem do carro fumacê foi intensificada nos últimos dias. Disse ainda que na última quinta-feira (03), o carro circulou pela região de José de Anchieta e adjacências. Disse ainda que foram necessárias algumas alterações em razão dos dias de chuva, que interfere na eficiência do fumacê.

O município ainda disse que o carro circula em horários estratégicos para otimizar os serviços, sempre antes do nascer do sol e no pôr do sol, quando a temperatura é amena e sem ventos fortes.

Mobilização contra dengue, zika e chikungunya

A Prefeitura também tem aumentado as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. Ainda em maio está previsto a realização de mais um Levantamento do índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LirAa), indicando os locais para ações estratégicas de combate ao mosquito.

O primeiro foi realizado no início de 2018, e foram intensificadas atividades nos bairros: Jardim Limoeiro, Planalto Carapina, Planalto Serrano, Jardim Carapina, Parque Jacaraípe.

Estão entre as ações estão tomadas: a passagem do carro fumacê e do UBV pesado; colocação de larvicidas nas valas e córregos; o trabalho com bombas costais para pulverização; atividades de educação em saúde; e visitas domiciliares a locais estratégicos (borracharias, floriculturas, ferros-velhos, entre outros). Além disso, a Prefeitura afirma que a Serra é o município do Estado com o maior número de armadilhas (MI) para pegar o Aedes aegypti, com 1.200 equipamentos ativos.

Só em 2018, foram notificados 323 casos de dengue, 21 de zika e 36 de chikungunya. Não foram registrados óbitos destas doenças na Serra em 2018.

 




O que você acha ?

Você concorda com a saída de Cuba do Mais Médicos?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por