24.8 C
Serra
quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Moradores de Jacaraípe com medo de prédio ‘fantasma’ cair

Leia também

Ao custo de R$ 7 milhões, prefeitura deve entregar revitalização de Serra Sede em setembro

Com a promessa de atrair novos turistas e movimentar a economia local, a Prefeitura da Serra deve entregar em...

Reforma da Abdo Saad começa este ano, diz Governo

O governo do Estado anunciou na manhã desta quinta feira (13) o lançamento do edital para a contratação da...

Com 104 novos moradores infectados em 24h, Serra já registra 12.337 casos de coronavírus

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Moradores pedem socorro as autoridades. Foto: Bruno Lyra
Moradores pedem socorro as autoridades. Foto: Bruno Lyra

Bruno Lyra

Medo. É o que está tomando conta dos vizinhos do prédio clandestino erguido há cerca de 15 anos na esquina entre as ruas Caiçara e Clério Vieira Falcão no Bairro das Laranjeiras, região de Jacaraípe. A explicação é simples: além de nunca ter sido habitado e não ter recebido manutenção esses anos todos, a edificação está repleta de rachaduras.

“Fui vizinho da obra quando ela começou. Os responsáveis fizeram o prédio por cima de uma casa velha, usando ferragens de 5/16, quando o correto era aplicar ferros mais grossos. Nos últimos meses as rachaduras pioraram e tenho medo que na próxima temporada de chuva o prédio caia e atinja as casas de minha sobrinha e meu irmão”, alerta Elias Dias Ramos.

Elias conta que não sabem nem quem é o responsável pelo prédio, já que ninguém fica lá. No local há somente uma cadela da raça pitbull, que está muito maltratada, anda com dificuldade e está com feridas na pele. “Soube que o 1º dono vendeu o prédio, mas o segundo proprietário não mora na região e nem se sabe direito quem é ele. Na época da obra a prefeitura embargou várias vezes. Mas quando os fiscais viravam as costas o pessoal voltava a construir”, relata.

“A gente vive com medo do prédio cair. Pelo tempo que tem já era para as autoridades terem tomado providência. O pior não é nem dar prejuízo, mas tirar a vida de pessoas”, protesta Carlos Alves da Silva, cuja casa fica perto do prédio. Carlos mora há 28 anos no local.

Outra moradora, Zenilda de Jesus Silva, que vive há 28 anos no bairro, tem o mesmo sentimento. Assim como Amadeu Firmino, há 07 anos no bairro, e Enildo Dias. Este último tem a casa muito próxima do prédio. “Tem rachadura que pega o prédio todo de cima pra baixo, inclusive nas colunas. Essas rachaduras estão aumentando”, alerta Enildo.

A convite da reportagem, a engenheira civil Bruna Serpa analisou as imagens do prédio e, a princípio considerou a situação preocupante. “É possível observar através das trincas na diagonal dos pilares que ocorreu um recalque, ou seja, houve um afundamento do solo e através das trincas verticais observa que a estrutura está com sobrecarga. Será necessário um diagnóstico mais preciso com profissional da área para identificar se será necessário a demolição do prédio ou recuperação dos elementos estruturais comprometido, uma vez que após a construção deste prédio não houve manutenção”.

Através da assessoria de imprensa, a Prefeitura da Serra disse que está identificando o proprietário para realizar a vistoria e, a partir do levantamento, adotar as medidas cabíveis. Casos em que a população identifique estruturas que representem risco devem ser comunicados à Defesa Civil, pelos telefones 199 / (27) 3338-1756 ou 99938-9500.

Confira a situação do prédio:

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Reforma da Abdo Saad começa este ano, diz Governo

O governo do Estado anunciou na manhã desta quinta feira (13) o lançamento do edital para a contratação da empreiteira que irá reformar a...

Com 104 novos moradores infectados em 24h, Serra já registra 12.337 casos de coronavírus

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de 12.300 moradores infectados...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!