24 C
Serra
sábado, 31 de outubro de 2020

Moradores da Serra coletam água para município atingido pela lama da Samarco

Leia também

Estado quer proibir comícios e passeatas de políticos por causa da Covid-19

Cenas de aglomerações em eventos de campanhas políticas viraram parte da rotina durante as eleições municipais deste ano, inclusive...

Motorista embriagado bate carro em carreta e duas pessoas ficam feridas na Serra

A Serra registrou, na manhã desta sexta-feira (30), mais um acidente causado por motoristas que insistiram em dirigir alcoolizados....

Homem é assassinado em plena luz do dia no bairro Feu Rosa

Um homem foi assassinado em plena luz do dia e no meio da rua no bairro Feu Rosa, na...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Moradores alegam que o valor da água está impraticável em Governador Valadares. Foto: Reprodução Facebook
Moradores alegam que o valor da água está impraticável em Governador Valadares. Foto: Reprodução Facebook

Por Conceição Nascimento

Preocupados com as consequências da falta de água nos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, moradores da Serra estão se mobilizando nas redes sociais para incentivar a doação de água mineral, que será levada, em um primeiro momento, para o município de Governador Valadares (MG), na próxima sexta-feira (20). O município mineiro é um mais dos impactados com a lama oriunda de Mariana (MG), após o rompimento de barragens da mineradora Samarco. A lama desce pelo Rio Doce e deve chegar ao Espírito Santo, na Região Noroeste, nas próximas horas.

Quem conta é Fernando Durant, morador de Carapina Grande. “Íamos num carro utilitário, mas conseguimos uma carreta e vamos levar a água. Tem muita gente mobilizada, mas toda água é bem-vinda. Os municípios do Espírito Santo estão em melhores condições, mas em Minas a situação está caótica. Quem tem condição e carro viaja para municípios vizinhos, mas as pessoas mais carentes precisam de socorro. As informações que temos é de que não estão encontrando água para comprar, mas quando encontram é por um preço absurdo de até R$ 35”, disse.

Quem quiser contribuir com água mineral pode se dirigir às igrejas Batista Betel e Batista Central, ambas em Carapina Grande, e Missão Churc, em Novo Horizonte. Doações também podem ser agendadas por meio do telefone 99957-6308 (Fernando).

 

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Mais notícias

Motorista embriagado bate carro em carreta e duas pessoas ficam feridas na Serra

A Serra registrou, na manhã desta sexta-feira (30), mais um acidente causado por motoristas que insistiram em dirigir alcoolizados. Dessa vez, um veículo de...

Homem é assassinado em plena luz do dia no bairro Feu Rosa

Um homem foi assassinado em plena luz do dia e no meio da rua no bairro Feu Rosa, na Serra, na manhã desta sexta-feira...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!