21.1 C
Serra
sexta-feira, 10 de abril de 2020

Morador da Serra entre os desaparecidos em acidente da Petrobras

Leia também

Império de Fátima vai doar cestas básicas para circos e máscaras para unidades de saúde da Serra

A escola de samba Império de Fátima se mobilizou para ajudar famílias carentes e artistas circenses da Serra. A agremiação...

Três secretários de Audifax devem disputar as eleições municipais em outubro

  A Prefeitura da Serra confirmou a desincompatibilização dos secretários Igor Elson B. de Almeida e Elcimara Rangel dos cargos de...

Número de casos confirmados da Covid-19 sobe para 300 no Espírito Santo

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Espírito Santo aumentou. De acordo com a última atualização divulgada...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Alexsandro Ribeiro é um dos quatro desaparecidos no acidente com o navio plataforma da Petrobras, em São Mateus. Foto: Reprdução Facebook
Alexsandro Ribeiro é um dos quatro desaparecidos no acidente com o navio plataforma da Petrobras, FPSO Cidade de São Mateus. Foto: Reprodução Facebook

Por Conceição Nascimento 

Um dos quatro desaparecidos no acidente com o navio plataforma da Petrobras, FPSO Cidade de São Mateus, que atuava na região do litoral norte do Estado, é morador de Cidade Continental, Setor África. Supervisor de manutenção, Alexsandro Ribeiro, 40 anos, estava de férias e voltou ao trabalho, na última quarta-feira (11), dia do acidente. O acidente matou cinco pessoas e feriu outros sete. Os feridos estão internados nos hospitais Metropolitano e Vitória Apart Hospital, na Serra.

Morador de Cidade Continental, casado e pai de dois filhos, Alexsandro ainda comemorava a aprovação de seu filho mais velho no vestibular. “Estava muito feliz com a notícia da aprovação em Engenharia. Estamos com esperanças de que seja encontrado com vida”, disse Aylmo Oliveira, cunhado de Alexsandro.

Segundo Aylmo, Alexsandro era funcionário da empresa desde 2009. Ele foi acionado juntamente com sua equipe para fazer um reparo no vazamento de gás. “O alarme foi disparado e, em princípio, a Brigada de Incêndio detectou uma falha”. Ao realizar a manutenção no equipamento, ocorreu a explosão. Os nomes dos outros desaparecidos não foram divulgados.

 

Comentários

Mais notícias

Três secretários de Audifax devem disputar as eleições municipais em outubro

  A Prefeitura da Serra confirmou a desincompatibilização dos secretários Igor Elson B. de Almeida e Elcimara Rangel dos cargos de secretário de Serviços e de...

Número de casos confirmados da Covid-19 sobe para 300 no Espírito Santo

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Espírito Santo aumentou. De acordo com a última atualização divulgada pela Secretaria de Estado da...

Serra tem 11 novos casos de coronavírus e registra 64 pacientes contaminados

Em 24 horas, a Serra teve um aumento significativo no número de casos confirmados do novo coronavírus. De acordo com a última atualização divulgada pela...

Novos partidos alteram o tabuleiro no plenário da Câmara da Serra

Os sem-partido Os vereadores passaram um perrengue nos últimos dias do prazo para filiação partidária para quem tem mandato, 3 de abril. Após o corre-corre,...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem