23.9 C
Serra
quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Matança na Serra e no Estado já é maior que em todo ano passado

Leia também

De novo: chuva intensa causa alagamento e interdita BR-101 na Serra

As fortes chuvas que atingem o Espírito Santo desde a semana passada continuam causando transtornos para a população capixaba....

Fotógrafo salva filhote abandonado no meio da tempestade na obra do Contorno

Há exatos oito dias, Chovisco vivia o que podemos chamar de o pior dia de sua vida. O filhote...

Muros desabam e assustam moradores de bairros da Serra

As fortes chuvas que atingem o Espírito Santo desde a semana passada fizeram com que dois muros desabassem junto...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

De janeiro a novembro 285 pessoas foram mortas na Serra, em todo 2016 foram 267. Foto: Divulgação

Thiago Albuquerque

O ano nem acabou e já pode ser considerado mais sangrento que 2016 na Serra, município que há mais de duas décadas é o lugar onde mais se mata no Espírito Santo. Isso porque, de janeiro a novembro deste ano, 285 pessoas foram assassinadas na cidade. Nos 12 meses do ano passado foram 267 homicídios, sendo 250 deles de janeiro a novembro.

Os dados, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo (Sesp), também revelam crescimento da violência em todo o ES. De janeiro a novembro 1301 casos de assassinatos foram registrados em território capixaba, contra 1077 no mesmo período de 2016. E, assim como na Serra, superou todo o ano passado, que teve 1181 casos registrados.

A curva de aumento da matança fica nítida quando o recorte é o mês de novembro na Serra, onde 23 pessoas perderam a vida para a violência, um aumento de 35% em relação a novembro de 2016, que teve 17 registros. 

Os assassinatos vinham caindo na Serra e em quase todas as cidades capixabas nos últimos anos, mas voltaram a crescer muito após a pior crise da história da segurança pública no ES com a paralisação da PM em fevereiro.

 “É evidente que no mês de fevereiro deste ano, os números não foram satisfatórios. Tudo isso por conta do movimento de familiares de policiais, que contribuiu para a tendência de aumento da violência, e principalmente nos homicídios. Outro grande motivo é alto número de crimes associados ao tráfico de drogas”, avalia o comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Roberto Mauro. O 6º Batalhão é o responsável por todo o policiamento da Serra. 

 

Adolescentes capixabas são os que mais morrem por tiro

Outro dado assustador sobre a violência no ES foi divulgado no início de dezembro: o estado é onde mais se mata crianças, adolescentes e jovens de até 19 anos por armas de fogo em todo o país. O levantamento está num estudo feito pela Fundação Abrinq e se refere ao ano de 2015, portanto ainda antes de explosão de assassinatos verificada em 2017.

E mesmo o estudo não revelando números específicos sobre a Serra, a cidade é uma das que contribuem com a estatística de assassinatos desses grupos etários, diz o tenente-coronel Roberto Mauro.  “Na Serra é o jovem que mata e morre, por conta das drogas. É um problema social que acaba impactando as estatísticas policias. Há cada vez mais jovens sendo presos na cidade”, conclui.

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Mais notícias

Fotógrafo salva filhote abandonado no meio da tempestade na obra do Contorno

Há exatos oito dias, Chovisco vivia o que podemos chamar de o pior dia de sua vida. O filhote de cachorro, que aparenta ter...

Muros desabam e assustam moradores de bairros da Serra

As fortes chuvas que atingem o Espírito Santo desde a semana passada fizeram com que dois muros desabassem junto com parte de ribanceiras em...

Mutirões de castração devem ser aprovados pelo Conselho de Veterinária

As zoonoses, doenças comuns aos homens e animais, vêm aumentando nos últimos anos, da mesma forma como cresce a preocupação com a saúde e...

Feto é encontrado dentro de sacola plástica em bairro da Serra

Um feto foi encontrado dentro de uma sacola de lixo em Barcelona, na Serra, na manhã desta quinta-feira (21). Por meio de nota a...

Você também pode ler

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!