Manato diz que Bolsonaro aprova posse de arma no 1º semestre de 2019 | Portal Tempo Novo

Serra, 11 de dezembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 30 de novembro de 2018 às 8:51

Manato diz que Bolsonaro aprova posse de arma no 1º semestre de 2019

Por Yuri Scardini
[email protected]

Manato afirma que Prefeitura da Serra será prioridade para o PSL em 2020. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Anunciado como o número dois da Casa Civil no Governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o capixaba Carlos Manato (PSL) será responsável pela articulação política junto aos 513 deputados federais. Há poucos dias para o novo Governo assumir Brasília, Manato adianta que a intenção é aprovar a posse de armas e políticas de endurecimento contra uso de drogas já no primeiro semestre de 2019. Ele afirma ainda que sua estadia na capital federal não vai atrapalhar seus planos de estruturar o PSL para a eleição de 2020, e avisa que a Serra é “prioridade”.

 Segundo o deputado capixaba, o Governo Federal vai estabelecer diálogo com várias frentes em Brasília visando à governabilidade. “A ordem é dialogar com todo mundo, independente de partido, de frente temática. Vamos conversar com todo mundo, com os Estados com os parlamentares. É difícil atender todo mundo, mas vai ser um Governo aberto e com disposição para conversar. Vamos ter governabilidade sim”, afirmou.

Sobre as prioridades no início de mandato, Manato afirmou que será uma reforma administrativa. “Vamos propor logo de cara uma reforma que diminua gastos com pessoal, despesas desnecessárias, privatizações e combate medidas de maior combate a corrupção entre outras”. Manato adiantou ainda que o Bolsonaro quer aprovar posse de armas ainda no 1º semestre de 2019. “No primeiro semestre vamos aprovar posse de armas e leis de endurecimento contra as drogas. Essas são compromissos do Bolsonaro. Não teremos dificuldade no Congresso, até porque a maioria da população quer isso. A posse será regulamentada, terá um filtro”. Além disso, Manato defendeu uma auditoria na Previdência, para eliminar “irregularidades”, mas não adiantou quando deve ser encaminhado um projeto de reforma do setor.

Cargo não tira foco da Serra 

Perguntado se o novo cargo poderia tirar o foco da estruturação do PSL para a eleição de 2020, ele negou e afirmou que vai continuar na presidência do partido no ES. “Não  tira o foco em nada, a princípio vou manter a presidência do PSL capixaba e preparar o partido para as eleições, principalmente da Serra, que é prioridade. Vai dar para conciliar muito bem as funções”.

Sobre as possibilidades, cada vez mais remota de Magno Malta (PR) integrar o 1º escalão do Governo, Manato desconversou. “Não tenho conversando com o Magno, não tenho visto ele. Seria indiscreto da minha parte ficar pergunto sobre alguém”.




O que você acha ?

Você concorda com a saída de Cuba do Mais Médicos?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por