Lixões avançam em comunidades da Serra

0
Lixões avançam em comunidades da Serra
Em Cantinho do Céu, região de José de Anchieta, a Prefeitura limpa e em menos de dois o local está sujo novamente. Foto: Gabriel Almeida

Gabriel Almeida

É uma cena muito comum encontrar lixões a céu aberto pelo município. Dois deles estão em Feu Rosa e chamam atenção pelo tamanho. Outro está em Cantinho do Céu, região de José de Anchieta. Há denúncias de que não apenas moradores, mas também até empresas estariam descartando nestes pontos de maneira irregular.

Um dos pontos problemáticos está na rua Espírito Santo em Feu Rosa. Em agosto de 2016, alguns moradores até tentaram acabar com o ponto viciado de lixo construindo um jardim no terreno, mas alguns meses depois moradores e empresas voltaram a jogar lixo, entulho, animais mortos e outros resíduos no jardim.

Segundo o presidente da comunidade de Feu Rosa, Vagner Gunha, vários carroceiros voltaram a depositar lixo no terreno. “O local estava limpo, mas os moradores voltaram a descartar o lixo de forma irregular”, explica.

Também em Feu Rosa, na Avenida Talma Rodrigues Ribeiro, outro lixão está incomodando quem passa pelo local. Desta vez o terreno fica ao lado do Caic e está servindo de descarte irregular de entulho e lixo doméstico.

Outro ponto viciado de lixo que também é de constate reclamação é o que fica na rua Santa Luzia em Cantinho do Céu, região de Jardim Tropical.  De acordo com a moradora do bairro, Margarida Francisca, o problema é antigo e parece não ter fim.  “A culpa deste lixão é dos próprios moradores. Sempre que a Prefeitura limpa vem os porcalhões e sujam tudo de novo. Parece que gosta de morar no lixo”, reclama a moradora que está indignada com a situação.

Sobre o lixão que fica na rua Espírito Santo em Feu Rosa, a Prefeitura disse que o local foi limpo na quinta-feira (29 de dezembro), conforme programação da Secretaria de Serviços. Já o lixão ao lado do Caic está na programação da Secretaria de Serviços da Serra e a limpeza será feita ainda no mês de janeiro.

Sobre o lixão de Cantinho do Céu, a Prefeitura disse que o recolhimento de lixo doméstico é realizado três vezes por semana no bairro. A população precisa contribuir, não realizando descarte irregular de lixo e entulho. Denúncias deste tipo de irregularidade podem ser feitas pelo telefone (27) 99951-2321.

A Prefeitura da Serra mantém o programa João de Barro (Ecoentulho) em andamento no bairro Novo Porto Canoa. No local podem ser descartados resíduos da construção civil de pequenos geradores da região. O programa João de Barro fica na Avenida Amazonas, ao lado do Centro Comunitário. O horário de funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Para destinação de entulho, o município disponibiliza também a Área de Transbordo e Triagem no Bairro Barcelona, localizada a Av. Região Sudeste, 300 metros entrando pela BR101, antes do posto BKR. Telefone: 3341-4153.

A Serra recolhe mensalmente cerca de 20 mil toneladas de resíduos descartados de forma irregular. Um gasto mensal de mais de R$ 450 mil. Desde 2013, a Prefeitura da Serra eliminou cerca de 250 pontos viciados de lixo.

Comentários