Lixo eleitoral começa a ser recolhido pelo TRE

0
lixo eleitoral
Lixo eleitoral em vias públicas no dia das eleições

Um saldo de mais de quatro milhões de unidades de panfletos, santinhos, cartazes e faixas. Este é o resultado do lixo eleitoral já entregue  ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por coligações que aderiram à campanha Eleições Limpas.

Cinco coligações e 26 partidos políticos se comprometeram a realizar a entrega do material de sobra da campanha. O TRE providenciará o encaminhamento do material para associações de reciclagem de papel.

Conforme determina a legislação eleitoral, partidos, coligações e candidatos devem retirar das ruas o material utilizado na campanha (placas, faixas, cavaletes) até 30 dias após a eleição. Também está previsto na lei eleitoral que os responsáveis providenciem o restauro do local onde a propaganda estava afixada, caso seja necessário.

O descumprimento da retirada do material pode levar os responsáveis às sanções da legislação comum. A administração da cidade poderá aplicar multa ou outras sanções de acordo com a legislação de cada localidade.

A prefeitura da Serra se pronunciou por meio da Superintendência de Comunicação. Informou que no primeiro dia de limpeza após as eleições, recolheu aproximadamente cinco toneladas de resíduo eleitoral. A limpeza começou pelas principais vias do município e depois passará a ser feita dentro dos bairros. A previsão é de que toda a limpeza seja concluída até sexta-feira (10)

Comentários