23 C
Serra
domingo, 29 de novembro de 2020

Líderes comunitários voltam a ter destaque na Serra e cinco são eleitos para a Câmara

Leia também

Veja onde os candidatos a prefeito da Serra irão votar neste domingo

Neste domingo (29), eleitores da Serra estão voltando às urnas para escolher os próximo prefeito e vice-prefeito. E junto...

Idosos voltam às urnas e marcam presença na votação do segundo turno na Serra

A pandemia do novo coronavírus não está impedindo que os idosos voltem às urnas para decidir o futuro da...

Já sabe em quem votar? Confira as considerações finais de Vidigal e Fábio

Cumprindo a determinação da Justiça Eleitoral, os dois candidatos a prefeito da Serra, que disputam o segundo turno, encerraram...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Dezoito novos nomes foram escolhidos para atuar na Câmara da Serra, destes total, cinco são líderes comunitários: Teilton Valin, Paulinho do Churrasquinho, Marlom Fred, Jefinho do Balneário e Anderson Muniz. Foto: Divulgação

A Serra tem 527.240 mil habitantes, isso da a cidade 23 cadeiras de vereadores para serem ocupadas. No último domingo (15) a população do município foi as urnas e fez ‘uma limpa’ elegendo apenas cinco vereadores que concorrerão a reeleição. Dezoito novos nomes foram escolhidos para atuar na Câmara da Serra, de 2021 a 2024, destes total, cinco são líderes que surgiram do movimento popular. Um deles foi inclusive o vereador mais votado.

Com  3.379 votos, Teilton Valim (PP), foi o vereador mais votado da Serra. Ele é líder comunitário de Nova Carapina II pelo segundo mandato – são quatro anos na condução da comunidade.

Teilton conta que com as atividades de líder comunitário e de empresário, percebeu que o bairro estava abandonado. “A Câmara precisava de renovação. Com a pouca experiência que tenho na política só ouvíamos falar sobre divisão [no Legislativo], mas pouca produção. Como sou muito próximo da comunidade, uma das minhas bandeiras é a questão da Guarda Municipal mais efetiva. Como sou empresário e formado em gestão pública, penso que temos que trabalhar e criar mecanismos para resultar na economia da máquina pública. É preciso enxugar os custos para conseguir mais lucro e investir melhor”, conta.

De Planalto Serrano, a população elegeu Paulinho do Churrasquinho (PDT) com 2.538 votos. Eleito em setembro de 2019 como presidente de Planalto Serrano, no Bloco A, Paulinho implantou vários projetos sociais no bairro.

“Minha bandeira principal é a inclusão social. Eu enfrentei três grandes enchentes e a pandemia. Fiquei ao lado do povo durante essa pandemia e já tenho um trabalho de engajamento comunitário desde 2004. Mas de um tempo para cá me aproximei muito da população porque vi o sofrimento e o anseio por um representante que pudesse falar o que eles sentem no dia a dia, quando vai na unidade de saúde e não tem médico, não tem medicamento, falta infraestrutura na sua rua, falta projeto de inclusão social. Isso me levou a trabalhar na comunidade e acredito que este trabalho foi reconhecido pela população que me deu a oportunidade de estar hoje na Câmara Municipal com 2.538 votos. Na Câmara, vou continuar este trabalho de inclusão social através do esporte, da cultura, e da capacitação profissional do nosso jovem. Meu foco é dar oportunidade para os jovens. Vou trabalhar também para melhorar a saúde da nossa cidade e como representante da população quero estar mais próximo para ouvi-los e levar até o poder Executivo as necessidades das comunidades”.

Marlom Fred (PSDB) de Vila Nova de Colares, recebeu 2.157 votos e atribui sua vitória ao seu trabalho realizado dentro do bairro e a ajuda de diversos amigos. “Meu trabalho como líder comunitário fez muita diferença e me deu esse destaque. Faço trabalhos sociais dentro de Vila Nova e estendo isso a bairros vizinhos também há muitos anos e isso com certeza contribuiu para essa expressiva votação. Outras atividades e melhorias dentro do bairro me deram destaque também dentro da comunidade. Serei um vereador não somente de Vila Nova, mas de Feu Rosa, Ourimar e de toda a Serra”, conta Marlom.

Ele que esta à frente da comunidade por três anos também disse que seu mandato será voltado para o social. “Vou me dedicar a atividades sociais e tentar ampliar esse trabalho que eu já faço, ajudando as famílias carentes de todo o município. Melhorias também nas áreas da saúde, educação, segurança e principalmente lutar para aumentar o atendimentos de  demanda de especialidades como ginecologia e vagas em creches”, finaliza.

Outra comunidade que conseguiu eleger vereador é Balneário de Carapebus. Jefinho de Balneário é do PL e alcançou a marca de 2.149 votos. A reportagem entrou em contato com Jefinho para falar das expectativas com relação ao seu mandato como vereador e assim que a demanda for respondida será publicada neste espaço.

Liderança comunitária de Praia de Carapebus, há quatro anos, mas envolvido no movimento há seis, o jovem Anderson Muniz (Pode) foi eleito com 1.812 votos e conta o bom trabalho feito na comunidade foi muito importante para sua eleição. “A Serra é um celeiro de bons líderes comunitários. São pessoas que se dedicam diariamente, guerreiros e guerreiras que não recebem salário. Em meu mandato vou buscar fortalecer ainda mais a autonomia do movimento popular da Serra”, destaca.

 

 

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!