19.5 C
Serra
sexta-feira, 05 de junho de 2020

Lamas e Malini se alinham com Governo para Mesa Diretora

Leia também

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o...

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão...

Serra só terá lockdown se municípios vizinhos também adotarem medida

Com o aumento no número de moradores infectados e mortos pelo coronavírus, a Prefeitura da Serra está estudando a...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Bruno e Jamir, os dois deputados com base eleitoral na Serra pretendem seguir a orientação do governador Paulo Hartung (PMDB) sobre o comando da Assembléia. Foto: Divulgação Assembléia Legislativa

Por Conceição Nascimento

Deputados estaduais retomam os trabalhos legislativos no próximo dia 1º de fevereiro e já com a missão de eleger os novos membros da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (Ales). Apesar das mudanças no Regimento Interno da Casa, garantindo ao atual presidente da Casa, o deputado Theodorico Ferraço (DEM), o direito à reeleição, o nome de Erick Musso (PMDB) desponta para o cargo.

Da Serra, os deputados Bruno Lamas (PSB) e Jamir Malini (PP) já se posicionaram no grupo mais alinhado com a Casa Civil, onde também se encontram Ferraço e Musso. Desse bloco especula-se uma chapa liderada pelo democrata, com Enivaldo dos Anjos (PSD), vice. Erick Musso seria o 1º secretário da Mesa.

Mas nos bastidores outros defendem a renovação no comando da Ales, com a eleição de Erick Musso para a Presidência. “Erick está na chapa de Theodorico, que não tem rejeição entre os deputados. Mas em princípio o candidato não seria ele. A tendência de mudança é para que uma nova liderança assuma o comando da Casa, pode ser que a Ales escolha Musso. Sempre estive neste grupo”, disse Jamir Malini.

Já Bruno Lamas é mais cauteloso e diz que tem se dedicado ao mandato. “Não gasto energia com isso e, sim, com o funcionamento do meu gabinete. Não tirei férias. Tenho despachado e atendido normalmente no mês de janeiro. Meu carro foi devolvido e tenho utilizado o veículo particular. Sobre a Mesa, estou em sintonia com a Casa Civil e com a maioria dos deputados. Isso significa que vamos dialogar e ouvir a opinião do Governo”, explicou Lamas.

Caso seja eleito, Ferraço parte para o seu terceiro mandato consecutivo (2017-2018) à frente da Presidência da Ales, o que foi possível graças a mudanças no Regimento Interno da Casa. Ele cumpriu ainda o mandato tampão, com a saída do então presidente Rodrigo Chamoun (PSB), em 2012. Para ocupar a vice-presidência o nome especulado é o de Enivaldo dos Anjos (PSD).

 

Comentários

Mais notícias

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão disse em sua denúncia que...

Serra só terá lockdown se municípios vizinhos também adotarem medida

Com o aumento no número de moradores infectados e mortos pelo coronavírus, a Prefeitura da Serra está estudando a possibilidade de adotar o lockdown...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!