Karateka da Serra mira Olimpíadas de 2020 no Japão

0
Bruno Conde é o sexto melhor karateca do mundo na categoria Kata Junior. A foto é de Felipe Tamashiro
Bruno Conde é o sexto melhor karateca do mundo na categoria Kata Junior. A foto é de Felipe Tamashiro

Thiago Albuquerque

Nos últimos dias foi anunciado que nos Jogos Olímpicos de 2020 que acontecerá no Japão, o Karatê como nova modalidade.

E um serrano ficou empolgado com a notícia. Isto porque existe a possibilidade dele disputar a competição no futuro. Bruno Conde, de apenas 16 anos, é um atleta novo e de grande destaque nacional. Só em 2016, o karateca soma 13 medalhas de ouro, duas de prata e duas de bronze. Em toda sua carreira já são 127 medalhas. Ele também ocupa a sexta posição de melhor do mundo da Confederação Mundial de Karatê, na categoria Kata Junior.

“Eu fiquei muito feliz pela entrada do karatê nos jogos de 2020. É a realização de um sonho, e eu ter possibilidades de competir é melhor ainda. Vai trazer muitos benefícios para o esporte. Eu agradeço muito minha família pelos meus resultados, principalmente minha mãe Roberta Conde, meu sensei, o grande Ubiratan Fonseca”, destaca.

O atleta ficou feliz e diz ter um motivo a mais para treinar mais pesado. Para ajudar na sua preparação física, o atleta também está se dedicando ao CrossFit, onde pratica na CrossFit Jacaraípe. “Está ajudando muito minha performance física”.

Até 2020, Bruno vai disputar muitos campeonatos. Neste final de semana, ele participa da 3ª Etapa do Campeonato Estadual que acontece em Colatina, no Ginásio da Fundação Castelo Branco. Bruno vai disputar a competição nas categorias Kata Junior, Kumitê Junior +76 kg e Kata Sênior.
Já entre os dias 22 a 28, o campeonato disputado pelo serrano será no Equador, na cidade de Guayaquil. O atleta vai lutar no XXVll Pan-americano, nas categorias Kata Junior e o Kumitê Junior + 76 kg.

“Terei essas duas importantes competições nos próximos 15 dias, como sempre venho treinando muito forte para conseguir bons resultados, e minha preparação para conseguir uma vaga nos jogos de 2020 passarão por obstáculos a cada campeonato disputado, preciso dar o máximo em todos eles”, conta.

Galera do skate e do surf confiante

Além do Karatê, outros quatro esportes também entrarão nos jogos 2020. Escalada, Skate, Beisebol/Softbol e Surf. E duas destas modalidades contam com muitos atletas e amantes na cidade, o surf e o skate.

Os serranos ficaram felizes com a novidade. Do skate, um dos destaques no esporte da Serra é Fabrício Souza que acha que as opiniões sobre o assunto estão divididas.

“Há divergências nas discursões, uns têm a visão de que o esporte é um movimento de rua mal visto pela sociedade, sendo uma filosofia de vida, e não requer padrões de tipo físico, alimentação balanceada, consideram um estilo de liberdade”, explica.

Os atletas que participam dos jogos olímpicos são considerados de alto rendimento e tem total disciplina com o corpo. Fabrício defende os skatistas e disse que a inclusão do esporte tem sim seu lado positivo. “Na minha opinião não mudará muito a cara do skate, será mais um grande evento que vai ajudar a divulgar o skate, é a evolução do esporte, não tem para onde fugir”, conclui.

Já no surf, o veterano e experiente, Flávio Minotauro deu sua opinião. “Essa notícia está muito comentada, todos os atletas estão muito animados em ver seu esporte preferido nas Olimpíadas. Acho que só vem a enriquecer, o Brasil é um país com atletas de alto nível e possivelmente poderá ter campeões na modalidade”, frisa.

Comentários