• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados
28.4 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados
Que susto!

Jacaré invade farmácia na Serra, causa pânico entre moradores e acaba sendo resgatado

Leia também

Prefeitura da Serra volta a fechar acesso à Rotatória do Ó para obra de duplicação

Na manhã dessa terça-feira (13) motoristas que seguiam pela Avenida Paulo Pereira Gomes sentido Laranjeiras, voltaram a ter que...

Cesan deixa esgoto vazando em frente a comércios e residências em bairro da Serra

Um vazamento de esgoto está deixando moradores e comerciantes de bairro da Serra em uma situação complicada e fedorenta....

Após paralisação dos rodoviários, ônibus do Transcol ficam superlotados na Serra

Logo após causar transtornos na vida de milhares de capixabas, a paralisação promovida por rodoviários do sistema Transcol deixaram...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O jacaré foi resgatado após causar alvoroço na farmácia. Foto: Divulgação

Acostumada a receber pessoas à procura de remédios ou produtos de higiene e uso pessoal, uma farmácia de Jacaraípe, na Serra, precisou ‘atender’ um cliente inesperado e um pouco diferenciado durante a manhã deste sábado (27). Os proprietários do estabelecimento comercial encontraram um filhote de jacaré no fundo do comércio. Até o momento, ninguém sabe como o animal foi parar lá, mas felizmente, ele já foi resgatado.

O bicho encontrado é da espécie ‘jacaré-de-papo-amarelo – que é muito comum em todo o município. A ‘invasão’ aconteceu na Drogaria Bendel, situada na Avenida Minas Gerais, em Jacaraípe. Os proprietários do estabelecimento comercial levaram um ‘baita susto’ quando se depararam com o animal nos fundos de sua loja.

Com medo, mas também com consciência que o melhor é manter a distância e não perturbar o animal, os donos logo acionaram o Instituto Brasileiro de Fauna e Flora (Ibraff), comandado por Claudiney Rocha. O presidente do Ibraff foi até o local e conseguiu capturar o jacaré e colocá-lo dentro de uma caixa.

Segundo Claudiney, o Projeto Caiman foi acionado para levar o animal até uma área própria e fazer a soltura. Ele contou ainda que o bicho causou um certo pânico nos donos da farmácia.

“No início ele causou um susto no pessoal da farmácia. Ele estava no fundo da drogaria e ninguém sabe como ele foi parar lá. Eles ficaram com medo, mas depois fizemos a imobilização do animal e até tiraram foto, passaram a mão e contamos sobre a importância de preservar o animal”, disse.

Claudiney ainda salientou que essa espécie de jacaré está em risco de extinção. “A espécie está ameaçada de extinção. Está vulnerável na natureza. Muita caça, perda de habitat. Colocam anzol nas lagoas e alguns matam até a tiro. Infelizmente, ele está nesta situação”, lamentou.

Símbolo do Espírito Santo, mas em risco de extinção

O coordenador do projeto Caiman, Yhuri Cardoso Nóbrega, informou que o jacaré é de extrema importância para o equilíbrio da Mata Atlântica. “O jacaré é considerado símbolo da biodiversidade do Espírito Santo. Essa espécie é fundamental para o equilíbrio da Mata Atlântica e para a saúde desses ambientes. Uma das principais ameaças para eles é a degradação da Mata Atlântica e isso acaba acarretando em situações como essa vista”.

Yhuri ainda destacou que a orientação é que os moradores não se aproximem do animal em hipótese alguma. Ainda segundo ele, a população pode acionar o Instituto Caiman para resgate e cuidado de jacarés. O telefone é (27) 99818-3188. O Ibraff pode ser acionado pelo telefone: 27 99994-9438. Também pode ligar para a Polícia Ambiental: (27) 3636-1650.

O biólogo Cláudio Santiago também conversou com o TEMPO NOVO e reforçou que o jacaré-de-papo-amarelo está com a classificação “perigo de extinção”, dada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!