27.7 C
Serra
sábado, 28 maio - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Hospital Materno Infantil da Serra já trouxe ao mundo mil bebês serranos

Leia também

Campanha de segurança de trânsito alcança 3 mil serranos

Desde o inicio deste mês, o Departamento Operacional de Trânsito (DOT), tendo em vista a campanha de conscientização de...

Polícia prende suspeitos de roubar carro com bebê e criança na frente de creche na Serra

A Policia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veiculos, prendeu em flagrante um dos...

Lei torna hediondo crime praticado contra menores de 14 anos

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.344/2022 que cria mecanismos para a prevenção e o enfrentamento da violência...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Liz Stella Santos da Cruz é o nome da serrana de número 1000 a nascer no novo Hospital. Foto: divulgação.

Nasceu o bebê de número 1.000 do Hospital Municipal Materno Infantil (HMMI), localizado em Colina de Laranjeiras.  É uma menininha, moradora do bairro Carapina Grande. Coincidências à parte, o primeiro parto no Materno também foi de uma menina, moradora de São Diogo.

Inaugurado há menos de três meses, a Prefeitura da Serra diz que o Materno Infantil destaca-se pelo seu atendimento humanizado que, agora, conta com a participação voluntária de doulas (assistente de parto voluntário). “O fato é que, durante 24 horas por dia, todos os dias da semana, as famílias serranas encontram, no local, um serviço de excelência, que vai desde a estrutura física até sua capacidade técnica”, diz a Prefeitura por meio de sua Assessoria de imprensa.

A serrana de número mil, nascida no Hospital chama-se Liz Stella Santos da Cruz, que nasceu às 17h52, de parto cesáreo. Além de ser o milésimo parto, o nascimento da Liz marcou, na vida do operador logístico Daniel da Cruz Santo, 24 anos, sua estreia como pai.

“A Liz é uma bênção de Deus. É indescritível a emoção que senti, quando vi minha filha pela primeira vez. Nunca tinha passado por isso. A família toda está muito feliz”, contou Daniel, logo após tocar o sino da vida, anunciando o nascimento da filha. O momento foi acompanhado de uma salva de palmas, da equipe técnica do hospital, relatou a Prefeitura.

A mãe da bebê, Mikaele Santos Bastos, 18 anos, passa bem. Segundo Daniel, o pré-natal da Liz foi todo feito na Unidade Básica de Saúde de Carapina Grande. “Correu tudo bem. A Mikaele teve uma gestação tranquila”, salientou.

Morador pode opinar sobre qualidade no atendimento

A Prefeitura ainda ressaltou que além da humanização do parto, com salas de parto privativas, com possibilidade de oferecer diferentes posições no trabalho de parto e anestesia para parto normal, o Hospital Municipal Materno Infantil agora conta com o serviço de ouvidoria e uma pesquisa de satisfação.

Por meio de preenchimento de formulários, as gestantes, puérperas e seus familiares participam da gestão do hospital, dando sugestões, fazendo elogios ou apontando alguma possível melhoria.

Estrutura

O HMMI conta com 50 leitos para alojamento de gestantes e puérperas de risco habitual; Centro Obstétrico com três salas cirúrgicas e sete quartos PPP (de Pré-Parto, Parto e Pós-Parto), isso sem contar com os exames de imagem e laboratoriais.

Quando estiver operando, na sua totalidade, no segundo semestre deste ano, o Hospital Municipal Materno Infantil terá a capacidade mensal para 638 internações obstétricas de risco habitual e 255 de risco alto, além de 51 internações de cirurgia pediátrica; 128 internações de ginecologia clínica e cirúrgica; 55 internações em Unidade de Terapia Neonatal (UTIN); 51 internações de Tratamento Intermediário Neonatal Convencional (UCINCO); 26 internações em Unidades de Tratamento Intermediário Neonatal Prematuro (UCINCA), ou leito-canguru; 51 internações em Unidade de Terapia Intensiva Adulta (UTI); isso sem contar com as 3.240 consultas de pronto-socorro e 2.304 consultas em ambulatório de especialidades.

 

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!