• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados
28.4 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados
Após colapso:

Hospital da Serra vai receber 15 pacientes com coronavírus de Santa Catarina

Leia também

Rodoviários impedem retorno do Transcol e deixam população sem ônibus nesta terça

A terça-feira (13) começou com grandes dificuldades para quem depende do transporte público nas cidades da Grande Vitória, inclusive...

Feu Rosa registra 41 mortes e já possui 1.932 moradores infectados pelo coronavírus

Sendo uma das comunidades mais afetadas pela pandemia de coronavírus na Serra, Feu Rosa segue contabilizando altos números de...

Mais 5 moradores morrem de coronavírus em 24h e Serra se aproxima das mil mortes

Um dado estarrecedor da pandemia de coronavírus está prestes a assombrar os moradores da Serra. Trata-se da possibilidade da...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Dr. Jayme dos Santos Neves é um dos hospitais referências para o tratamento do coronavírus. Foto: Arquivo TN

A partir desta quarta-feira (3), a Serra vai receber mais 15 pacientes oriundos de outro estado para serem cuidados de complicações causadas pela Covid-19. Tratam-se doentes que moram em Santa Catarina – onde o sistema de saúde entrou em colapso e faltam leitos para atender toda a demanda de internações por coronavírus. O anúncio foi feito pelo governador, Renato Casagrande (PSB), na tarde desta segunda-feira (1).

Os 15 infectados serão trazidos para o Hospital Dr. Jayme dos Santos Neves, em Morada de Laranjeiras, na Serra, onde ficarão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). De acordo com Casagrande, o Espírito Santo possui cerca de 15 leitos para atender outros estados sem que a rede estadual de Saúde seja prejudicada.

“Hoje abrimos 15 leitos para pacientes de Santa Catarina. Temos próximo de 45 leitos à disposição para ajudar os outros Estados. Tenho certeza que, se em algum momento precisarmos, esses Estados poderão nos ajudar. Estamos vendo o crescimento da pandemia no Brasil todo, algumas regiões está com situação crítica. Vamos pedir ao congresso para que ajude na coordenação nacional da pandemia: a compra de vacinas, articulação internacional, entre outros”, destacou.

O governador ainda afirmou que, dos 36 pacientes transferidos do Amazonas, em janeiro, apenas um segue em tratamento no Hospital Jayme. Além dele, também há pacientes vindos de Rondônia. Os dois estados também estão em situação crítica por conta do coronavírus e vivem cenários estarrecedores.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!