26 C
Serra
terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Hora de virar a chave para voltar a morder no capixabão

Leia também

Câmara aprova contas de 2013 do prefeito Audifax Barcelos

Em uma sessão rápida, com pouco mais de 24 minutos, e sem discursos, a Câmara da Serra aprovou durante...

Opinião do leitor | Comentários à nova Lei de Abuso de Autoridade

A lei nº 13.869 de 2019, nova lei de abuso de autoridade, que entrou em vigor em 3 de...

Com investimento de R$ 18 milhões, Atacado Vem será inaugurado nesta terça

A partir desta terça-feira (18), a Serra contará com mais um 'atacarejo'. As margens da BR-101 e com um...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Acabou o sonho. Na noite da última quarta (20), o Serra foi derrotado pelo Vasco da Gama, por 2×0, no estádio Kleber Andrade, em jogo válido pela segunda fase da Copa do Brasil. E a dor da eliminação tem de ficar no passado, já que neste sábado (23) o Serra tem um confronto em casa, no Robertão, contra o Tupy-ES, às 16h, pela quinta rodada do Campeonato Capixaba.

O jogo é de suma importância para o Cobra Coral, já que o time até o momento, muito focado na Copa da Brasil, perdeu três jogos e ganhou apenas um no Estadual. Com três pontos, está na oitava colocação. Embora a posição garanta avanço às quartas de final, ela é perigosa, pois também está perto da zona de rebaixamento.

E é exatamente onde está o Tupy – ES, que até agora só fez um ponto e ocupa a penúltima colocação. Por isso, o duelo de sábado é tão importante, pois é confronto direto. Se perder, o tricolor serrano já entra na zona ‘maldita’.

E o treinador do Serra, Cleiton Marcelino, falou que o time vai com força total para o confronto, diferente do clássico perdido para a Desportiva, no último sábado (xx), quando mandou a campo o time reserva.

“Vamos focar 100% no Capixabão e buscar as rodadas perdidas. Esse jogo de sábado é importante e contamos com apoio da nossa torcida, focando numa arrancada em busca do bicampeonato da competição”, frisa o treinador.  

A quinta rodada do Capixabão começou na noite da última quinta (21), com o confronto entre Estrela do Norte e Rio Branco de Venda Nova; porém, o jogo aconteceu após o fechamento desta edição. Já os outros jogos da rodada acontecem no mesmo dia, sábado.  O líder Real Noroeste, com nove pontos, recebe o Atlético-ES, com seis pontos, em Águia Branca.

Às 17h, tem o clássico Rio Branco x Vitória, no Klebão. Ambos estão empatados na vice liderança com oito pontos. Um pouco mais cedo, às 15h, a Desportiva – também com oito pontos – vai ao Olímpio Perim, em Venda Nova, encarar o lanterna Castelo, que ainda não pontuou na competição.  

Clube fatura com retorno ao cenário nacional

A eliminação na Copa do Brasil após a derrota por 2×0 para o Vasco, na última quarta-feira (20) no Kleber Andrade, não foi considerada um desastre no clube. Até porque a partida, transmitida em rede nacional, ajudou a dar visibilidade ao Serra. Algo semelhante só tinha ocorrido há 20 anos, quando o Cobra Coral batera o Fluminense no Maracanã pela Série C do Brasileirão.

Para o treinador, Cleiton Marcelino, o time fez um bom papel diante do Vasco.  “Acho que a gente fez um jogo bom, mediante as condições da equipe. A gente soube se defender, criamos situações de gol. Levamos um gol por bola parada e outro já no final do jogo. Saímos fortalecidos pelo confronto contra um grande como o Vasco, o que vai ajudar no Capixabão e no Campeonato Brasileiro Série D”, avalia.  

Para o Serra, a Copa do Brasil foi importante pela visibilidade nacional. Após décadas sem um clube capixaba avançar para a segunda fase, o Tricolor Serrano conseguiu a façanha após a vitória contra o Remo por 1×0. E ainda tem o lado financeiro. O Cobra Coral faturou R$ 525 mil pela primeira fase e R$ 625 mil pela segunda.

E as competições nacionais não acabaram. O Serra ainda terá, a partir de maio, a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. O Tricolor não é o único capixaba na competição, pois o Vitória também disputará. A competição começa no dia 05 de maio e vai até o dia 18 de agosto. Serão 68 times brigando por quatro vagas para subir à Série C.

Comentários

Mais notícias

Opinião do leitor | Comentários à nova Lei de Abuso de Autoridade

A lei nº 13.869 de 2019, nova lei de abuso de autoridade, que entrou em vigor em 3 de janeiro de 2020, trouxe ao...

Com investimento de R$ 18 milhões, Atacado Vem será inaugurado nesta terça

A partir desta terça-feira (18), a Serra contará com mais um 'atacarejo'. As margens da BR-101 e com um investimento de R$ 18 milhões,...

Frequentadora reclama de sujeira e falta de manutenção no Horto Municipal

Frequentadora do Horto Municipal, na Serra Sede reclama que o local de lazer está abandonado. Segundo a mulher que não quis se identificar, o local,...

Moradores da Serra vão ficar sem água nesta quarta

Por conta de obras que serão realizadas pela Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), alguns bairros da Serra ficarão sem água durante a próxima...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem