19.5 C
Serra
sexta-feira, 05 de junho de 2020

Homem que espancou cadela na Serra tem extensa ficha criminal

Leia também

Deputado defende redução de gastos do Governo com publicidade

A Assembleia Legislativa endereçou ao Governo do Estado Indicação 927/2020 para que  apenas realize despesas com publicidade e propaganda...

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o...

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O homem chegou a ser detido e liberado pela Polícia Militar. Foto: Reprodução vídeo

O desempregado, V. R., 31 anos, confirmou em depoimento na CPI dos Maus-Tratos Contra os Animais da Assembleia, presidida pela deputada Janete de Sá (PMN), que bateu com a intenção de matar uma cadela que pertence ao companheiro da tia dele, em Serra Dourada II, na Serra.

Ele alegou que prendeu o animal em um tronco de árvore e desferiu várias pauladas com intenção de matar o mesmo por considerar que estava maltratada, cheia de carrapatos e pulgas. O homem confirmou que tem passagem pela polícia e que já fez uso de diversos tipos de drogas, mas que há seis meses não faz uso de entorpecentes. A ficha criminal dele mostra passagens por posse e tráfico de drogas e três pela Leia Maria da Penha.

O crime aconteceu no último dia 13, em um terreno que fica atrás da escola Francisco Peixoto Miguel. A agressão foi filmada por alunos que divulgaram o vídeo nas redes sociais.

Diante das declarações do denunciado, a presidente da CPI, deputada Janete de Sá, ofereceu ajuda psicológica e perguntou se ele tinha interesse de se internar para se livrar da dependência química. “Como ele não demonstrou interesse em receber ajuda, nós vamos solicitar a internação dele à Justiça e pedir investigação criteriosa por parte da polícia, que já está investigando o crime de maus-tratos. Entendemos que ele precisa de ajuda psicológica para não cometer novos crimes e nem sofrer alguma agressão por conta disso. Hoje ele representa uma ameaça à sociedade e a ele mesmo”, declarou a presidente da CPI.

Na saída da Assembleia, o homem perguntou o horário de funcionamento da casa e quais os horários que ele poderia encontrar a deputada com mais facilidade. O deputado Vandinho Leite, diante do comportamento do denunciado com a presidente da CPI, classificou o questionamento como uma tentativa de intimidação à deputada Janete de Sá. Diante disso foi enviado ofício ao secretário Estadual de Segurança e à Diretoria de Segurança Legislativa, solicitando medidas para garantir a integridade física da parlamentar e a apuração dos fatos.

Comentários

Mais notícias

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o líder comunitário local, Anderson Muniz....

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão disse em sua denúncia que...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!