23.2 C
Serra
terça-feira, 22 de setembro de 2020

Há três dias óleo não é avistado em praias da Serra, diz secretária

Leia também

Quer emprego? Sine da Serra abre 166 novas vagas de trabalho nesta terça

Com oportunidades para diversas profissões, a terça-feira (22) chegou recheada de novas vagas de emprego no Sine da Serra....

Casagrande critica Bolsonaro por “negacionismo” de incêndios no Brasil

Em meio a incêndios que destroem o Pantanal e a Amazônia no Brasil, o governador Renato Casagrande (PSB), criticou,...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Segundo Áurea, só foi encontrado óleo na região de Jacaraípe, onde foram recolhidos 1,1 kg do produto misturado com areia, sal e outros materiais. Foto: Divulgação/Prefeitura

Desde que fragmentos de óleo apareceram na última sexta (15) e sábado (16) na região de Jacaraípe, a substância não foi mais encontrada nos 23 km de praias da cidade. A informação é da secretária de Meio Ambiente da Serra, Áurea Galvão.

Segundo Áurea, o monitoramento do litoral continua, com especial atenção às desembocaduras dos rios, onde a maré pode levar o contaminante para manguezais e até em pontos de abastecimento de água à população, como no caso do rio Reis Magos.

A secretária explicou que fragmentos foram encontrados apenas em pontos de Jacaraípe e Costabela. Na sexta-feira (15) um fiscal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) havia informado sobre aparição da substância em Marbela, região de Nova Almeida, mas Auréa disse não proceder.

Aurea Galvão é Secretária de Meio Ambiente do município. Foto: Prefeitura da Serra/Jansen Lube

Aurea informou ainda que na sexta (15) foi coletado 1 kg de material, mas que estava muito misturado a areia, sal, matéria orgânica e até sedimentos despejados pelos rios, uma vez que houve muita chuva na véspera.  “Foi o óleo coletado com esses outros materiais na sexta-feira que a Marinha confirmou, após analisar em laboratório, ser o mesmo contaminante que atinge as praias do Nordeste”, frisa.

No sábado, a secretária afirmou que foram coletadas apenas 100 gramas de material, também na região de Jacaraípe. Essas amostras estão em análise. “Não foram encontrados mais fragmentos no domingo (16), na segunda (17) e na terça (18)”, frisou.

Comentários

Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Mais notícias

Casagrande critica Bolsonaro por “negacionismo” de incêndios no Brasil

Em meio a incêndios que destroem o Pantanal e a Amazônia no Brasil, o governador Renato Casagrande (PSB), criticou, nesta segunda-feira (21), o "negacionismo"...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!