• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados
25 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados

Greve reduz atendimento no Fórum da Serra

Leia também

CPI dos Maus-Tratos irá ouvir homem suspeito de golpear cadela com facão na Serra

O homem suspeito de dar golpes de facão na cabeça de uma cadela na Serra será ouvido pela CPI...

Em apenas 24 horas, Serra perde mais 11 moradores para o coronavírus e atinge 967 óbitos

Um dado estarrecedor do pico da pandemia causada pelo coronavírus – em maio de 2020– voltou a assombrar os...

Serra começa a vacinar policiais e guardas municipais contra o coronavírus nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Saúde da Serra (Sesa), iniciará a vacinação dos trabalhadores da força...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Por Thainara Polito

DSC05410 editada
Só liminares, processos de réus presos ou liberação de corpos estão sendo atendidos. Foto: Fabio Barcelos

Devido a greve do setor judiciário no Estado, no Fórum da Serra apenas 30% dos servidores estão trabalhando. De acordo com funcionários do órgão, a cerca de duas semanas apenas processos considerados urgentes estão sendo atendidos.

Analista Judiciário do Fórum, Felipe Tonon, disse que entre os atendimentos mantidos estão os processos de réus presos, liberação de corpo e concessão de liminares.

Em seu site, o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário divulgou nota informando os motivos da greve, dentre eles a reposição de perdas inflacionárias dos últimos doze anos, e a remuneração entre as mais baixas dos 27 tribunais de Justiça do Brasil.

Agora esses profissionais aguardam pela aprovação do projeto que altera o Plano de Cargos e Vencimentos, que já passou pela Assembleia Legislativa e está de posse do governador Renato Casagrande, para a sanção ou veto.

“Nós só continuamos com a greve porque estamos a espera da decisão do governador Casagrande. Já houve uma resposta do Judiciário, que propôs pagar, até 2017, a reposição da inflação,” afirmou Felipe.

 

Apagão

De acordo com o site do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário, nesta sexta-feira (3) está programado o Apagão do Judiciário onde serão desligados todos os equipamentos e luzes durante o expediente no Tribunal de Justiça e em fóruns de todo o Estado.

 

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!