Governo Casagrande deixa obra do Contorno de Jacaraípe para 2020

0
Governo Casagrande deixa obra do Contorno de Jacaraípe para 2020
Parte da terraplanagem do Contorno de Jacaraípe já foi feita, mas está se deteriorando. Foto: Arquivo TN/Bruno Lyra

As obras do Contorno de Jacaraípe que estão paralisadas há cinco anos devem ser retomadas somente em 2020. A previsão é do Governo Casagrande que afirma está reavaliando o projeto da construção. O local chegou a receber terraplanagem e o custo da obra era estimado inicialmente em mais de R$ 100 milhões, mas com o passar dos anos está se deteriorando, o que pode fazer com que o valor mude futuramente.

Em março de 2017, o Governo do Estado, na gestão do então governador Paulo Hartung (sem partido) disse que os trabalhos seriam retomados ainda no primeiro semestre daquele ano, mas nada aconteceu. Na ocasião, a previsão era de que o trecho de 8,5 km seria concluído em seis meses.

Por enquanto, só foi feita a terraplanagem de um trecho na região do bairro Lagoa, em Jacaraípe, e noutro próximo a Nova Almeida. O Departamento de Estrada e Rodagens (DER-ES) foi questionado pelo TEMPO NOVO sobre qual valor já foi gasto na construção, mas não quis responder a pergunta.

Além disso, a reportagem perguntou ao órgão qual o motivo pelo qual as obras foram paralisadas em 2014, mas o departamento não soube responder. “O DER-ES informa que está reavaliando o projeto do Contorno de Jacaraípe, para, posteriormente, abrir nova licitação de obras. A previsão é que as intervenções sejam retomadas no ano que vem”, disse em nota.

Lideranças cobram retorno das obras

Lideranças da região de Jacaraípe cobram do Governo estadual a conclusão da estrada. “É muito importante que o Contorno seja retomado. Essa é uma obra muito importante para toda a Jacaraípe e já fizemos várias reuniões com o DER-ES. Estamos na esperança de que esse governo solucione esse problema”, afirma Paulo Sérgio Moraes, presidente da Associação de Moradores de Parque Jacaraípe.

O presidente da associação da comunidade de São Francisco, Joaquim Fernandes, também reclama da situação. “Isso está parado há anos e precisamos que o Governo do Estado retome essa obra, porque é de extrema importância para todos nós”, disse.

Comentários