28.7 C
Serra
sábado, 22 janeiro - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Golpistas fazem empréstimo de R$ 13 mil no Banco PAN e roubam FGTS de moradora da Serra

Leia também

Serra terá dois novos pontos de testagem de Covid-19 | Confira

Diante do crescente número de casos positivos de Covid-19 registrados nos últimos dias, a procura por testes aumentou e...

Avanço explosivo da Ômicron adoece 1.550 pessoas na Serra em 24h

A circulação da variante Ômicron em território capixaba tem causado um aumento explosivo de novos casos da Covid-19 na...

Serra volta para risco moderado e pode sofrer restrições devido ao avanço da Covid-19

Devido ao aumento de casos de coronavírus e mortes causadas por complicações da Covid-19, a Serra voltou a ser...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Janaina do Nascimento Brum Favarato, moradora de Rosário de Fátima, teve sacado de sua conta do FGTS o valor de R$ 13.658,98. Foto: Gabriel Almeida

A sagacidade dos golpistas não dá trégua aos trabalhadores brasileiros nem mesmo em meio à pandemia da Covid-19. E uma moradora da Serra foi vítima de um golpe que sacou parte do seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por meio de um empréstimo não autorizado.

Janaina do Nascimento Brum Favarato, moradora de Rosário de Fátima, teve sacado de sua conta do FGTS o valor de R$ 13.658,98. Os empréstimos foram feitos em nome de pessoas desconhecidas no último dia 20 de dezembro por meio de um empréstimo obtido no Banco PAN.

Janaina conta que o seu número de telefone celular foi clonado e com isso os golpistas tiveram acesso a sua conta. “Eles conseguiram fazer dois empréstimos, um usando meu FGTS e um outro usando seus dados pessoais. Quando clonaram meu telefone fiquei sem acesso total ao aplicativo do banco e por isso não conseguia visualizar o que estava sendo feito”.

Os pagamentos serão debitados na conta do FGTS de Janaina de 2022 a 2026 anualmente conforme calendário de saque do FGTS do Governo Federal.

Após descobrir que foi vítima de um golpe, a moradora da Serra, fez o boletim de ocorrência e procurou, tanto a Caixa Econômica Federal, quanto o Banco Pan para tentar reaver o valor retirado de sua conta, além da operadora de telefonia, a Claro.

“O PAN quer que a Claro envie uma carta da Claro assinada falando que meu telefone foi clonado, mas a Claro se nega a enviar o documento”.

De acordo com Janaina, na agência da Caixa Econômica Federal, ela foi orientada a fazer um boletim de ocorrência na Polícia Civil e o responsável pelo atendimento no banco federal disse que iria fazer o possível para ajudá-la a reaver os valores, mas que ela teria que aguardar.

O Banco Pan disse a reportagem que “assim que tomou conhecimento do caso da sra. Janaina do Nascimento, o Banco PAN analisou as operações e esclarece que, por liberalidade, já concretizou uma solução definitiva em favor da cliente, com os processos para regularização da operação já em curso. O PAN segue trabalhando para alertar clientes e consumidores sobre práticas maliciosas, com ações nas redes sociais, orientações no site oficial do Banco e Canais de Atendimento.”

A operadora Claro, da qual Janaina é cliente, também foi procurada e não se manifestou até o fechamento desta matéria.

A CAIXA esclarece que a cliente citada realizou o registro da contestação da adesão ao saque aniversário na agência Central Laranjeiras (ES), sendo orientada a aguardar a finalização do processo de análise.

Como previsto na lei do sigilo bancário, informações sobre operações financeiras são passadas exclusivamente aos clientes.

O banco orienta que os cidadãos utilizem única e exclusivamente seus canais oficiais para buscar informações e acesso aos serviços, jamais compartilhando dados pessoais, usuário de login e senha. Senhas e cartões são pessoais e intransferíveis.

A CAIXA disponibiliza orientações de segurança em seu portal da internet (http://www.caixa.gov.br/seguranca/Paginas/default.aspx) e ressalta que o cliente jamais deve anotar ou fornecer a senha para terceiros.

O banco reforça os principais cuidados que devem ser observados:

✅ Não forneça senhas ou outros dados de acesso em sites ou aplicativos não oficiais, bem como em ligações telefônicas.

✅ Desconfie de mensagens solicitando dinheiro, mesmo sendo pessoas próximas, pois o telefone pode ter sido clonado.

✅ Desconfie de SMS, e-mail ou qualquer forma de comunicação dizendo ser de seu banco, mas que seja de número celular comum e contenha erros de escrita.

✅ Links suspeitos podem levar à instalação de programas espiões, que podem ficar ocultos no celular ou computador, coletando informações de navegação e dados do usuário.

✅ Utilizar sempre navegadores e softwares de antivírus atualizados.

✅ A Caixa jamais solicita senha e assinatura eletrônica numa mesma página, sendo a assinatura digitada somente por meio da imagem do teclado virtual.

✅ A Caixa não solicita ao cliente o desbloqueio ou cadastramento de novos dispositivos móveis (celulares).

Mais informações sobre a CAIXA podem ser consultadas nas redes sociais do banco:

twitter.com/caixa

www.facebook.com/caixa 

www.instagram.com/caixa 

www.youtube.com/user/canalcaixa 

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!