Gás de cozinha pode subir a cada três meses

0

 

A partir de hoje (19) o gás de cozinha terá uma redução de 5% no valor e só vai poder sofrer reajuste de preço a cada três meses. Mas isso não significa que a redução ou os reajustes chegarão ao consumidor. Isso porque, segundo a assessoria de imprensa da Petrobrás, a medida vale para o produto comercializado nas refinarias da empresa, onde o botijão de 13kg será vendido por R$23,16 nos próximos três meses.

Mas a assessoria explicou, por meio de nota, que a medida não garante um preço fixo ao consumidor ou mesmo aplicação da redução, já que “a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, disse a nota divulgada pela petrolífera estatal.

 

Comentários