21.7 C
Serra
domingo, 17 de novembro de 2019

Friozinho vai continuar até sexta-feira no Estado

Leia também

Óleo já está em Nova Almeida e Jacaraípe e ameaça também água de serranos

Aconteceu. O petróleo que contamina há mais de dois meses a costa do Nordeste chegou às praias da Serra....

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Vitória teve a noite mais fria do ano: com mínima de 𝟣𝟦,𝟧 graus. Foto: Divulgação Agência Brasil

Ana Paula Bonelli

O capixaba está curtindo um clima europeu nos últimos dias. Isso porque na última segunda (3), uma frente fria chegou com força total ao Estado e baixou as temperaturas em até 16 graus na Grande Vitória. Em cidades do interior os termômetros chegaram a marcar 12 graus, é o caso de Colatina e Cachoeiro. No Caparaó, os relógios cravaram em 5 graus. Na Serra, na noite de ontem (3) a marcação chegou a 16 graus.

E quem ainda não tiver tirado o agasalho do armário, pode providenciar, pois a previsão é de mais frio. Segundo o Incaper, Vitória teve a noite mais fria do ano, chegando a 14,5 graus.

A previsão para esta terça-feira (4) na Grande Vitória é de muitas nuvens e chuva ao longo do dia. A temperatura mínima chegará a 15°C e a máxima de 23°C. Já na quarta-feira (5) a previsão é que a mínima chegue a 17 graus e a máxima de 24 °C. A frente fria deve ficar no Estado até sexta-feira.

De Nova Almeida, Vilson Vieira Junior, que é vizinho da igreja de Reis Magos, no alto do balneário, disse que desde sábado à noite o tempo virou no local. “Muito frio, com direito a muita chuva. O vento sul foi muito forte e gelado na madrugada de sábado para domingo, e durante todo o domingo. A tarde de segunda-feira também foi muito gelada e chuvosa. Por isso, na parte alta de Nova Almeida, a sensação de frio foi ainda maior. Gosto muito desse tempo mais frio. Prefiro esse clima mais ameno ao calor em excesso”, destaca Vilson.

Ele conta que para escapar do frio, recorre ao agasalho, que há muito tempo que não usava. “E o frio é tanto que agora fico agasalhado dentro de casa o dia todo. Coisa rara rs!”, frisa Vilson.

Da Serra-sede, Junior Nass disse que está acostumado com temperaturas mais amenas. Isto porque ele é frequentador do monte Mestre Álvaro, que segundo ele, em dias como estes chega a marcar 10 graus no topo. “Mas só fica uns 10 graus quando está muito frio tipo ontem e hoje. Nas outras épocas a noite chega a 16. Durante o dia as vezes 23 a 27”, destaca o ativista ambiental. Para quem não sabe o Mestre Álvaro tem uma altitude de 833 metros.

De Laranjeiras, Nathália Loureiro, diz que não curte muito o frio. “Acordo às 5h30 e está muito frio. Recorro ao moletom e muito agasalho para dormir bem quentinha. Mas prefiro o calor”, declara.

Já para Edson Reis de Jardim Bela Vista uma simples camiseta para dormir já resolve o problema. “Aqui na região fez muito frio. O que fiz de diferente para dormir foi colocar uma camisa, porque normalmente durmo sem”.

Do bairro Pitanga, que fica aos pés do Mestre Álvaro, Alcides Rocha conta que na região fez muito frio. “Acho que tivemos uns 14 ou 15 graus nessa madrugada. Foi preciso usar dois edredons para se aquecer da friagem. O dia também amanheceu bem neblinado”.

 

Comentários

Mais notícias

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de café, seu consumo diário de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro na água  e a alta...

Chuva alaga Vale e eleva risco de vazamento de rejeitos em Tubarão

Localizada na divisa entre Serra e Vitória, a planta industrial de Tubarão da Vale também não escapou dos alagamentos que atingem o ES por...

Fortes chuvas deixam 72 pessoas desalojadas no ES

Apesar de não ter causado grandes estragos na Serra, as fortes chuvas que estão caindo no Espírito Santo desde a madrugada da última quarta-feira...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!