22.6 C
Serra
sexta-feira, 10 de julho de 2020

Fogo gigante é normal e só lança dióxido de carbono e vapor d’água, diz ArcelorMittal Tubarão

Leia também

Amaro desmente anúncio de desistência de candidatura na Serra

Após especulações de que o deputado federal Amaro Neto (PRB) teria desistido da pré-candidatura a prefeito da Serra e,...

Com 365 moradores infectados, Feu Rosa já possui 18 mortes pela Covid-19

Mais de 360 moradores infectados e 18 mortes causadas pela Covid-19. Esses são os assombrosos números que fazem Feu...

Serra já possui 8.930 moradores infectados e 353 mortos pelo coronavírus

A Serra continua sendo a segunda cidade com mais moradores infectados e mortos pelo coronavírus em todo o Espírito...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

A labareda, visata de Morada de Laranjeiras, está à direita do prédio na linha do horizonte. Foto: Divulgação/Internauta

A labareda de fogo gigante vista principalmente à noite no complexo industrial de Tubarão acontece na área da ArcelorMittal e é normal, sendo um processo de controle ambiental, segunda a empresa.

Em nota enviada a reportagem na última quinta-feira (05), a siderúrgica afirmou que o fogo é resultado da queima de gases não recuperados da Aciaria. Questionada que tipo de gases são emitidos no ar com esta queima, a ArcelorMittal Tubarão afirmou que apenas dióxido de carbono (CO2) e vapor d’água.

A empresa acrescentou que o procedimento é licenciado. A labareda pode ser vista por diversos pontos da região metropolitana da Grande Vitória. Tanto que na última terça-feira (03) um internauta fez o registro do apartamento onde reside em Morada de Laranjeiras.

Confira a explicação da ArcelorMittal, enviada através de nota ao Tempo Novo.

A imagem recebida demonstra a chama do queimador da Aciaria, o qual é um dispositivo de engenharia projetado e licenciado para queima controlada do gás da unidade operacional. A unidade operacional possui implementado projeto de eficiência energética com o sistema de recuperação do gás LDG, gás da Aciaria, aproveitando o seu potencial na geração de energia elétrica. Durante períodos específicos do processo, a composição do gás inviabiliza o seu aproveitamento para geração de energia, dessa forma, o gás não recuperado é queimado no referido equipamento. Esta queima é considerada um controle ambiental e dispositivo de segurança aplicado para eliminar a presença do monóxido de carbono (CO) que se faz presente no gás. Com a combustão controlada, seus produtos de queima são Dióxido de Carbono e Vapor de Água.

Erramos

Em matéria sobre o assunto publicada em nossa edição impressa na última sexta-feira (06), havíamos informado, equivocadamente, que a ArcelorMittal Tubarão tinha dito que a chama gigante lançava dióxido de enxofre (SO2) na atmosfera. Na verdade a siderúrgica disse que lançava neste processo apenas vapor d’água (H2O) e dióxido de carbono (CO2).

Vale ressaltar que há sim lançamento de enxofre no ar durante a produção de aço da ArcelorMittal no complexo de Tubarão, conforme o Inventário de Fontes de Emissões Atmosférica da Grande Vitória publicado pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) em julho de 2019.

Mas, em nenhum momento, a assessoria de imprensa da siderúrgica disse que as emissões de enxofre também acontecem na queima de gases da Aciaria, procedimento que produz a chama gigante, objeto de abordagem desta matéria.

 

Comentários

Mais notícias

Com 365 moradores infectados, Feu Rosa já possui 18 mortes pela Covid-19

Mais de 360 moradores infectados e 18 mortes causadas pela Covid-19. Esses são os assombrosos números que fazem Feu Rosa ser a segunda comunidade...

Serra já possui 8.930 moradores infectados e 353 mortos pelo coronavírus

A Serra continua sendo a segunda cidade com mais moradores infectados e mortos pelo coronavírus em todo o Espírito Santo. De acordo os últimos...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!