[secondary_title]

Faculdade da Serra cria prótese de baixo custo

- PUBLICIDADE-
Fransérgio e Karla mostram as próteses feitas com impressora 3D em parceria com holandeses. Foto: Fábio Barcelos
Fransérgio e Karla mostram as próteses feitas com impressora 3D em parceria com holandeses. Foto: Fábio Barcelos

Por Clarice Poltronieri

Há poucos anos quem perdia um membro, seja por um trauma ou outro problema de saúde, sabia que iria ter limitação de seus movimentos até o final da vida. Mas a tecnologia está mudando essa realidade, apesar dos custos de próteses ainda serem proibitivos para muitos.

É de olho na dobradinha eficiência/redução de custos que a faculdade serrana UCL desenvolveu a Prótese de Mão para quem teve este membro amputado. A tecnologia tem parceria da Hanze Universidade de Ciências Aplicadas da Holanda. Quando chegar ao mercado o produto pode sair a cerca de R$ 1,1 mil, enquanto uma prótese convencional gira em torno de R$ 30 mil a R$ 40 mil.

Segundo o coordenador do Curso de Engenharia de Automação e Controle (Mecatrônica) da UCL, Fransérgio Leite da Cunha, a ideia da prótese era tema de seus trabalhos de mestrado e doutorado. Com a chegada à UCL de dois estudantes holandeses, Stefanus Veldman e Jan-Rik Potze, da Hanze do curso de Engenharia Mecânica, ele propôs que desenvolvessem isso em seu projeto de conclusão de curso.

“Vi a possibilidade de criar uma prótese de baixo custo com o uso de impressora 3D, cujo projeto tenha um open source (código aberto) para as pessoas conseguirem fazer uma prótese de valor bem abaixo do mercado. Os meninos ficaram aqui seis meses para executar o projeto, mas ainda não é o produto final, precisa de aprimoramentos”, relata.

Em casa

Apesar disso, o custo já ficou excelente. “Uma prótese funcional custa em torno de 30 a 40 mil. A do projeto ficou em torno de 300 euros (menos de R$1100). Isso vai facilitar a vida de pessoas que têm crianças com anomalias, pois não vai ser preciso comprar várias ao longo da vida, durante seu crescimento. Com uma impressora 3D, em pouco tempo a prótese poderá ser feita em casa”, conta Carla Loyola, coordenadora de projetos do Curso de Engenharia Biomédica da UCL.

Robô para transformar resíduos de rocha em arte

Outro projeto pioneiro da UCL é o robô escultor Michelangelo, adquirido em abril de 2013, para aproveitar os rejeitos resultantes do setor de rochas ornamentais. Até então não havia nenhum estudo no país nessa área.

Segundo o coordenador Fransérgio, os resíduos de rochas ornamentais podem chegar a pedras de meia tonelada, e o objetivo desse projeto é criar um robô que reproduza obras de arte decorativas num custo menor, além de reaproveitar tais resíduos.

Na fase inicial, o robô esculpia em gesso. Mas o projeto já andou e com os testes e ensaios feitos em usinagem, já realizaram os cortes em rochas. “A primeira etapa do Michelângelo foi finalizada, agora estamos captando recursos para iniciar a segunda fase”, finaliza Fransérgio.

...

Carreta bate em poste e complica trânsito na Serra

Um acidente envolvendo uma carreta complicou o trânsito de quem passou pelo Terminal de Laranjeiras, na Serra, na manhã deste sábado (13). Uma das...

Confira a programação gratuita de férias no Museu Vale na Serra

Com a chegada da segunda semana de julho, começam as férias escolares de inverno. Pensando nisso, Tempo Novo encontrou uma nova programação para os...

Segundo suspeito de matar instrumentador cirúrgico é preso na Serra

Um jovem, de 19 anos, foi preso dentro de uma barbearia no bairro Planalto Serrano, na Serra, no final da tarde desta sexta-feira (12)...

Eleições 2024: conheça Fred e seus projetos como vereador da Serra

  Eleito com 2.157 votos, Marlon Fred, o Fred (PDT), é mineiro de nascimento, serrano de coração. Ele nasceu na cidade de Montes Claros/MG, em...

Festa junina no Eliziário Rangel promete alegrar o sábado em São Diogo

Neste sábado (13), o Centro Cultural Eliziário Rangel, em São Diogo, na Serra, promove sua festa julina, das 17h às 21h. O evento, que...

Serra abre novas vagas de cursos gratuitos no Senac; veja como se inscrever

Os moradores da Serra têm agora mais oportunidades para ingressar no mercado de trabalho ou iniciar seus próprios negócios. A Prefeitura da Serra, em...