27.7 C
Serra
sábado, 28 maio - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Estado vai fiscalizar laboratórios privados sobre irregularidades em notificações de Covid-19

Leia também

Campanha de segurança de trânsito alcança 3 mil serranos

Desde o inicio deste mês, o Departamento Operacional de Trânsito (DOT), tendo em vista a campanha de conscientização de...

Polícia prende suspeitos de roubar carro com bebê e criança na frente de creche na Serra

A Policia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veiculos, prendeu em flagrante um dos...

Lei torna hediondo crime praticado contra menores de 14 anos

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.344/2022 que cria mecanismos para a prevenção e o enfrentamento da violência...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Em caso de testes não notificados, a Visa Estadual orienta que seja priorizada a notificação dos resultados mais recentes para os mais antigos, sendo que os laboratórios terão sete dias para digitação de todos os testes feitos e não cadastrados. Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) está notificando as Vigilâncias Sanitárias Municipais para procederem a fiscalização de laboratórios particulares para conferir se está sendo feita a devida notificação dos casos de Covid-19 no “Sistema e-SUS VS”, software público do Governo do Estado integrado com os sistemas do Ministério da Saúde.

Em um município da Grande Vitória, por exemplo, a medida está relacionada a poucas notificações e notificações em prazo inadequado feitas, em 2022, por parte de dois laboratórios, conforme levantamento realizado pela Vigilância Epidemiológica Estadual no último dia 18 de janeiro.

O mesmo levantamento será feito pela Vigilância Sanitária Estadual (Visa), em outros 45 municípios que têm laboratórios privados que notificaram testes nos últimos cinco meses. No total, são 82 laboratórios a serem fiscalizados pelas Vigilâncias Sanitárias Municipais.

De acordo com o inciso XXII, Art. 63 da Lei Nº 6.066, de 30 de dezembro de 1999, constitui infração sanitária a conduta de deixar de notificar doença ou outro agravo à saúde, quando tiver o dever legal de fazê-lo. A Vigilância Sanitária Estadual adverte que ao infringir ao inciso XXII, Art. 63 da Lei Nº 6.066/1999 o estabelecimento está sujeito às penalidades de advertência, pena educativa e/ou multa.

“A sonegação de informações epidemiológicas de alta relevância para a saúde pública e ao manejo da pandemia é um fato grave. Estamos solicitando às equipes municipais que apurem essas informações com os laboratórios e adotem as providências administrativas necessárias sobre a ausência ou atraso das notificações, bem como em caso de confirmação de irregularidades que determinem que os estabelecimentos adotem imediatamente as medidas necessárias para a adequada notificação de todos os testes de Covid-19 realizados (resultados negativos e positivos), incluindo um levantamento para garantir a notificação de todos os testes”, disse o chefe do Núcleo Especial de Vigilância Sanitária Estadual, Juliano Mosa Mação.

Em caso de testes não notificados, a Visa Estadual orienta que seja priorizada a notificação dos resultados mais recentes para os mais antigos, sendo que os laboratórios terão sete dias para digitação de todos os testes feitos e não cadastrados.

“Após a ciência do caso suspeito, o laboratório deve notificar o caso, em no máximo 24h, sendo que o ideal seria a notificação em tempo real durante o atendimento. Para melhor acompanhamento e apuração de irregularidades referentes às notificações pelos laboratórios, farmácias e outros, sugerimos que a VISA municipal solicite a Vigilância Epidemiológica Municipal acesso ao “e-SUS VS”, informou Juliano Mação.

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!