Estacionamento rotativo será votado nesta segunda

0
Estacionamento rotativo - Serra , ES
Antônio Geraldo diz que o rotativo vai impulsionar o comércio. Foto: Fabio Barcelos

Nesta segunda-feira (17) o projeto que cria o estacionamento rotativo no município será votado pelo plenário da Câmara da Serra. A informação é do vereador Marcos Tongo (SD), 1° secretário da Mesa Diretora. Ele confirmou a informação e justificou que a demorar na votação se deu porque 9 vereadores pediram vistas ao projeto que chegou na Casa há mais de um ano.

Na última terça (11) houve uma reunião com os vereadores, quando o secretário de Desenvolvimento Urbano da Serra, Silas Maza, esclareceu dúvidas sobre o projeto junto com técnicos da Diretoria de Mobilidade Urbana.

A promessa de regulamentação das vagas de estacionamento nos grandes centros comerciais do município já vem desde 2011, e em novembro de 2013 o projeto foi enviado o à Câmara de Vereadores, mas desde então, o mesmo continua parado. O estacionamento rotativo é uma demanda dos comerciantes, especialmente de Laranjeiras.

O presidente da Associação dos Empresários da Serra (Ases), Antônio Geraldo de Lima, comentou que para o comércio o rotativo será um impulso nas vendas. “Vai melhorar a quantidade de vagas e melhorar o trânsito, atraindo os compradores, como ocorreu em Vila Velha e em Cariacica”, apontou.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Vila Velha, Hélcio Rezende Dias, conta que após a implementação do rotativo na Glória e no Centro, as vendas melhoraram muito. “Na Glória, a satisfação dos lojistas chega a 90%. No Centro de Vila Velha, é de 76%”, diz. Ele ainda sugere que se mantenham vagas gratuitas nas ruas do entorno para uso dos trabalhadores e comerciantes.

 

Projeto é para todo município

Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano, Silas Maza, o projeto foi elaborado para a implantação do rotativo em todo o município, mas só após a sua aprovação será feita a regulamentação bairro a bairro, estabelecendo número de vagas.

Ele acrescenta que o primeiro bairro contemplado será Laranjeiras e acredita que, após a aprovação, levará ao menos seis meses para implantação, pois será preciso realizar licitação de empresa para operar o sistema, como ocorreu em Cariacica e Vila Velha.

Silas enfatiza que, após a experiência de Laranjeiras, outros bairros de comércio intenso receberão o rotativo, mas antes da implementação, sempre haverá audiências públicas para discussão do assunto.

Comentários