• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados
30.2 C
Serra
sexta-feira, 22 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados

Esquilo ‘faz passeio’ em balneário da Serra e encanta moradores

Leia também

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...

Jair Reis, morador antigo de Jacaraípe, morre por complicações da Covid-19

A pandemia de coronavírus fez a Serra perder mais um ilustre morador. Trata-se de Jair Reis que não resistiu...

Contarato diz que chefe do Ministério Público atua como ‘advogado de Bolsonaro’

O posicionamento considerado ‘omisso’ do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, sobre a conduta de Jair Bolsonaro na crise sanitária...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O esquilo foi visto em Manguinhos. Foto: Hernane Schultais

Conhecidos pela sua aparência fofa e amigável, os esquilos conseguem encantar pessoas por onde passam. Nesta semana, foi a vez de moradores de Manguinhos serem surpreendidos pelo visitante surpresa. Da espécie, Guerlinguetus brasiliensis, o Caxinguelê foi fotografado numa residência do bairro, que sempre é palco para aparecimento de animais, devido sua Mata Atlântica. Por lá, já foram vistos jacarés, cobra ‘se refrescando’ no mar, pica-pau, raposa e também polvos bem próximos a praia.

Segundo o internauta, Saulo Alves, a fotografia foi feita pelo seu amigo, Hernane Schultais. “Parecia mesmo ser um esquilo e ficamos encantados. Sei que Manguinhos é quase um zoológico a céu aberto da Serra e tem muita frequência de animais exóticos que aparecem na região”, destacou o morador.

Em conversa com o biólogo Cláudio Santiago, o TEMPO NOVO confirmou que se trata de um esquilo. Segundo o especialista, o animal é da espécie Guerlinguetus brasiliensis (Caxinguelê). “Esquilo é um bicho de mata. Essa espécie é a mais comum e mais conhecida, principalmente em Mata Atlântica aqui da região, onde é bastante encontrado. Existem outras espécies no Brasil e no mundo, mas no Brasil, é a mais comum”, explicou.

Apesar de parecerem fofos e calmos, o biólogo alertou para o perigo de ataques, caso a pessoa tente se aproximar depois do animal. “São bonitos e tudo mais, mas sempre temos as velhas recomendações: deixar o bicho lá, pois ele é da família dos roedores e pode morder. E a mordida vai ser séria. O melhor é não manipular esse tipo de animal e muito menos tentar prender.”

Sobre alimentação, Cláudio explicou que os humanos não devem tentar dar alimentos para os esquilos. “É um bicho bem arredio e não vai aceitar alimentação humana muito fácil. Ele come nozes e a alimentação dele é muito especifica. Então é isso: não tentar alimentar, pois eles sabem se cuidar. Não tentar capturar ou pegar. Ele não vai deixar a aproximação acontecer porque é um animal bastante arredio”, finalizou o biólogo.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!