[secondary_title]

Escritor perde mãe e faz poesia para homenageá-la

- PUBLICIDADE-
DSC06377
Jean Nay perdeu a mãe no dia 10 e ainda se recupera da saudade por ela. Foto: Arquivo TN

De Jardim Limoeiro, o escritor Jean Nay Araújo Faria busca inspiração em grandes nomes da literatura brasileira para escrever suas poesias e contos. Mas, desta vez, o estímulo, veio em meio a uma grande perda: a morte de sua mãe.

A mãe de Jean, Palmira Araújo, tinha 74 anos e faleceu no último sábado (10). O poema intitulado ‘Mãe’ fala de saudade, amor materno.

Além desse, o poeta serrano possui cem contos escritos e 300 poesias. Jean tem 40 anos e conta que sua vontade de escrever surgiu quando ainda era pequeno. “Minha mãe sempre me deu força para que eu escrevesse e nada mais justo do que fazer esta singela homenagem a ela”.

Segundo Jean sua mãe era professora de português e foi por meio dela que veio a vontade de escrever. “Eu li todos os livros da biblioteca dela e foi esta leitura que me inspirou a criar meus textos e inclusive investir na confecção do primeiro trabalho”, declara.

Jean também possui dois blogspots: lojadaentropia.blogspot.com.br e muitoalemdagramatica.blogspot.com.br.

Mãe

As plantas secas esvoaçam com rudeza

As calças sujas recordam mais que tudo

Desenhado nas sombras que dançam lânguidas

Sobre a poeira enegrecida de óleo queimado

As miragens delineiam contornos da face enrugada

Longe de casa o cabelo cinza se acentua como nunca

Meu silvo surdo de desculpas sob a lua é um presente fugidio

E me assaltas o espírito tão quebradiço

 

Tanto te esqueci e blasfemei, grito e não escutas?

Já corri demais para escapar do jugo e não tenho perdoado a menor falta

Mas a estrada abre os braços e não hesito em te apagar

Do altar, neste seio

 

Beijo mãos estranhas e peço a benção

O gosto não é o mesmo e meus pecados se avolumam

Numa caixa de papelão

 

De beber água quente já não lembro seu nome

E a mochila está pesada

Turva a visão e penso novamente que é manhã e cedo,

Sentindo seus dedos delicados no rosto marcado de beijos falseados

 

Ei, quero feijão e galinha com quiabo

Sei que não tens mais colo

E praguejas arrastando-se a passos lentos pelos cantos

E vivendo de pequenos passados.

 

A quentura endureceu meus pés, sem candura calejei as mãos

Vagando como escravo liberto e sem rumo

O trabalho é sem vontade e o bolso enchi de merda

Pobres sinfonias assaltando o querer

 

Carregando pedras à túmulos de desconhecidos

Em postos de gasolina e bordéis imundos procuro traços

Em meretrizes envelhecidas

 

Ei, quero voltar e beijar sua face e com dignidade, pedir a bênção.

 

...

Reiki, massoterapia e ioga no Serra + Cidadã deste sábado (18)

  Neste sábado (18), no Serra + Cidadã, que acontece das 9 às 16 horas, em Cidade Pomar, os moradores da região poderão usufruir de...

Justiça manda prender motorista que matou adolescente atropelada

O Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) determinou nesta sexta-feira (17) a prisão preventiva do motorista que atropelou e matou Karen Moreira Barbosa....

Motorista de Transcol é agredida em briga de trânsito na Serra

Uma motorista de ônibus Transcol, de 40 anos, foi agredida por um homem durante uma briga de trânsito, no bairro Hélio Ferraz, na Serra. O...

Golfinho é encontrado morto na praia de Manguinhos, na Serra

Um golfinho foi encontrado morto na praia de Ponta dos Fachos, em Manguinhos, na Serra. O animal, achado por moradores na manhã desta sexta-feira...

Peça “Os Últimos Dias de Paupéria” será encenada no Eliziário Rangel, na Serra

Neste sábado (18), às 19 horas, o Centro Cultural Eliziário Rangel, em São Diogo, na Serra, abre suas portas para uma jornada teatral com...

Dupla Erick & Warley é a primeira atração da Sertaneja da Wild West na Serra

A programação da Cervejaria Wild West, em São Diogo, na Serra, vai ser diferente nesta sexta-feira (17). A casa promove pela primeira vez a...

Música ao vivo na feirinha de Colina de Laranjeiras neste final de semana

Neste final de semana, tem Feirinha Gastroartes, na sexta e no sábado na pracinha de Colina de Laranjeiras. Na sexta-feira (17), o som fica por...

Grandes finais marcam a 3ª etapa do Circuito Capixaba de tênis no Boulevard Lagoa

Aconteceram neste último sábado (11) as finais da 3ª etapa do Circuito Capixaba de tênis. O torneio, dividido em classes, aconteceu nas quadras de...