[secondary_title]

Escolas do ES estão proibidas de incluir itens de uso coletivo na lista de material escolar

- PUBLICIDADE-
O consumidor deve ficar atento e pesquisar, os preços podem variar em até 2000%. Foto: Agência Brasil

Uma antiga demanda de pais e responsáveis por estudantes das redes pública e particular de ensino já é Lei no Espírito Santo. Lista de material escolar contendo itens coletivos, como envelope, álcool, copos descartáveis, sabonete, detergente e papel higiênico está proibida no Estado, desde a vigência da Lei 11.751, de 23 de dezembro de 2022.

De autoria do vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, deputado estadual Fabrício Gandini (PSD), a lei tem como objetivo aliviar o bolso das famílias. O custo de tudo isso já deve estar embutido nas mensalidades (no caso dos colégios privados) ou na verba direcionada pelo Governo (escolas públicas).

Com a proximidade do início do ano letivo, em cinco de fevereiro, muitas escolas do Estado já começaram a entregar a lista de material escolar, mas agora estão impedidos de incluir na lista suplementos usados na área administrativa, como caneta de lousa, tinta para impressora e grampeador. Outra prática comum que é proibida pela lei é a indicação de estabelecimentos para compra de livros, material escolar e uniformes.

De acordo com a lei, a medida vale para estabelecimentos privados de ensino pré-escolar, fundamental, médio e superior. O descumprimento da legislação está sujeito às penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/1990).

Detalhamento:

Deputado estadual Fabricio Gandini. Foto: Divulgação

Pela regra, as escolas devem especificar ainda a quantidade de cada material escolar solicitado, além da forma como cada objeto vai ser utilizado em sala de aula.

Pincéis para lousa, por exemplo, são considerados materiais de uso coletivo, já que seu uso favorece todos na sala de aula. Cadernos, no entanto, são materiais de uso individual, ou seja: cada estudante precisa ter o seu.

“Além de aliviar o bolso das famílias, a medida promove mais acessibilidade à educação, assegurando que todos os estudantes tenham acesso aos materiais básicos sem custos adicionais”, declarou Gandini.

Caso os pais decidam questionar o pedido de algum item da lista, o melhor é fazê-lo por escrito para formalizar o procedimento e deixar o processo registrado.

Caso a situação não se resolva, é possível acionar o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon). O órgão tem a capacidade de notificar as escolas e, eventualmente, aplicar punições. Em último caso, o Poder Judiciário pode ser acionado.

Praças de alimentação da Serra devem reservar 5% de vagas para idosos, gestantes e deficientes

  Praças de alimentação situadas em shoppings e restaurantes da Serra terão que reservar 5% de vagas, mesas e cadeiras, para idosos, pessoas com deficiência...

Rock nacional, pop, reggae e MPB agitam fim de semana em Bicanga

Os ritmos de rock, música popular brasileira e reggae vão definir a atmosfera no palco da Cervejaria Incrível, localizada em Bicanga, na Serra. A programação...

Bloco Sujos terá ressaca de Carnaval com Clerinho Show em Campinho da Serra

Neste sábado (24), vai ter ressaca de Carnaval na Praça de Campinho da Serra I, na Serra. O bloco Sujo que fez a folia...

Sexta com indie rock, karaokê e promoção de cerveja em pub da Serra

O Indie Rock - gênero musical que surgiu a partir do rock alternativo no final dos anos 70 e 80, será a bola da...

Instituição promove workshop de graça acolhimento e desenvolvimento da cidadania na Serra

Neste sábado (24), a Rede Plena promoverá o workshop "Maria Vai com as Outras", destinado a indivíduos interessados ou que já desempenham alguma atividade...

Escritora Joana Herkenhoff lança livro “Retratos com o tempo” nesta terça

Depois de ser lançado na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), no Rio de Janeiro, o livro “Retratos com o tempo”, de Joana Herkenhoff,...

Da Serra, Maylla Venturin representa o ES no Mundial de bodyboarding no Marrocos

Quatro grandes nomes do bodyboarding capixaba, inclusive uma moradora da Serra, vão representar o Estado no Campeonato Mundial IBC: Luna Hardman, Maira Viana, Maylla...

Secretaria de Educação abre processo seletivo com 271 vagas e salários de R$ 1.500

A Secretaria de Educação (Sedu) abriu um novo processo seletivo simplificado para a contração de profissionais. O edital oferta vagas temporárias de nível médio...

Polícia prende na Serra homem que matou o namorado da sobrinha em Minas Gerais

A Polícia Civil, prendeu na manhã desta segunda-feira (19), um homem de 33 anos, suspeito de um homicídio ocorrido na cidade de Belo Oriente, estado de Minas Gerais. A prisão ocorreu...