19.2 C
Serra
quarta-feira, 03 de junho de 2020

Empresa de criptomoedas da Serra na mira do Ministério Público Federal

Leia também

Assaltos a mão armada em Chácara Parreiral assusta moradores

  Moradores de Chácara Parreiral reclamam da quantidade de assaltos que tem acontecido no bairro. Segundo eles, roubos e assaltos a...

Visitas seguem suspensas nas unidades prisionais no mês de junho

A Secretaria da Justiça (Sejus) decidiu manter a suspensão das visitas em todas as unidades prisionais do Estado durante...

Mais de 1.300 moradores da Serra já se curaram da Covid-19

A Serra é a cidade que mais tem casos confirmados da Covid-19 e também lidera o número de mortes...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

O MPF/ES conseguiu na Justiça a suspensão das atividades da empresa. Foto: Divulgação. Foto: Divulgação

O Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) está de olho nas atividades de uma empresa estabelecida no município da Serra, que atua no segmento de criptomoedas.

O MPF obteve na Justiça a suspensão das atividades da empresa, que estaria oferecendo serviços de administração de carteiras de investimentos em criptomoedas, apesar de não ter autorização para isso das instituições reguladoras, como Banco Central e Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A suspensão das atividades da empresa inclui a remoção de páginas na internet, e o bloqueio de seus ativos, como contas bancárias, carros e imóveis, e o bloqueio das criptomoedas existentes em exchanges. A Justiça também autorizou a apreensão de criptomoedas em carteiras, físicas ou digitais, que estavam com os investigados durante as buscas.

Os nomes das empresas e das pessoas envolvidas não estão sendo divulgados porque o processo está sob sigilo. Processos nº: 5004543-34.2019.4.02.5001, 5004545-04.2019.4.02.5001 e 5004546-86.2019.4.02.5001.

 
Comentários

Mais notícias

Visitas seguem suspensas nas unidades prisionais no mês de junho

A Secretaria da Justiça (Sejus) decidiu manter a suspensão das visitas em todas as unidades prisionais do Estado durante o mês de junho. A...

Mais de 1.300 moradores da Serra já se curaram da Covid-19

A Serra é a cidade que mais tem casos confirmados da Covid-19 e também lidera o número de mortes no Espírito Santo. Até a...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!