23.6 C
Serra
terça-feira, 02 de junho de 2020

É de Praia de Carapebus menino prodígio do jiu-jitsu

Leia também

Nove de cada dez leitos para covid já estão ocupados na Grande Vitória

A Região Metropolitana, da qual a Serra, faz parte, esta com ocupação de leitos de UTI, segundo dados do...

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Com menos de três anos no esporte, Cauã já tem 15 títulos. (Foto: Divulgação)

Prestes a completar 11 anos – o aniversário dele é no próximo dia 18 de junho –, Cauã Ribeiro, de Praia de Carapebus, já  multicampeão do jiu-jitsu. 

Com pouco menos de três anos no esporte, Cauã é um prodígio: já são 15 títulos na curta carreira, dentre eles o bicampeonato Sul-Americano X-Combat 17/18 e a Word Cup (Copa do Mundo) X-Combat CBLP (Confederação Brasileira de Lutas Profissionais), em 2017, além de brasileiros, estaduais e regionais. No total, o garoto já faturou 23 medalhas.

Atuação combinada às boas notas e comportamento na escola Linus Pauling, em Laranjeiras, motivaram a instituição a virar patrocinadora do atleta, ajudando a viabilizar a formação escolar, treinos e participações em competições de jiu-jitsu.

A mãe de Cauã, Dayene Ribeiro, também é lutadora; assim como o pai, Thiago Pacheco. Ambos entraram no esporte após levar o menino para a primeira aula dessa arte marcial. “O pai chegou a levá-lo para o futebol, mas não deu certo. Aí, procurou o jiu-jitsu. Logo no primeiro dia, o professou nos convidou, já que Thiago havia lutado um pouco na adolescência. Aí resolvemos entrar. Posso dizer que o Cauã nos incentivou”, revela Dayene.

A família mora em Praia de Carapebus. Cauã é aluno de jiu-jitsu da academia Gracie Barra, em Laranjeiras. Também pratica judô na Associação Judô Bushido, em Cidade Continental, e ainda treina no espaço montado pela própria família em casa, com acompanhamento de personal trainer.

Dayene conta, ainda, que neste sábado (11) o atleta mirim volta aos tatames para encarar a disputa do Campeonato Estadual da Federação Estadual de Jiu Jitsu do Espírito Santo (FEJJES), no ginásio Tancredão, em Vitória.

Comentários

Mais notícias

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu leitos de UTI e enfermaria...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse derrubado pelo mar, que está...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!