• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.593 casos
  • 705 mortes
  • 34.297 curados
26.1 C
Serra
segunda-feira, 25 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.593 casos
  • 705 mortes
  • 34.297 curados

DNIT aprova obra do Contorno do Mestre Álvaro, mas não sabe dizer estimativa de tráfego

Leia também

Coronavac: segunda remessa com mais de 16 mil vacinas chega ao Espírito Santo

Um novo lote da vacina Coronavac, produzida pelo Butantan/Sinovac, chegou ao Espírito Santo  nesta segunda-feira (25). De acordo com...

Vereadores aproveitam o recesso para enviar solicitações de serviços à Prefeitura da Serra

Antes mesmo do início das atividades em plenário, vereadores da Serra já apresentaram projetos, requerimentos de informações e indicações...

Roubo de cabos da OI, em Pitanga, deixa moradores sem internet

Moradores do bairro Pitanga, que fica na região rural da Serra, estão sofrendo com os constantes roubos de cabos...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Trecho da Br-101 na Serra entre Carapina e Laranjeiras. Foto: Arquivo TN

Orçada em R$ 290 milhões, o futuro Contorno do Mestre Álvaro é uma das obras mais esperadas no Espírito Santo. A nova rodovia será uma alternativa para atravessar a Serra sem passar por dentro da malha urbana, o que pode redundar em queda nos números de acidentes, redução no tempo de viajem além de fomentar um novo eixo de desenvolvimento. Porém, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (DNIT), curiosamente não sabe dizer qual é a estimativa de volume de tráfego para a rodovia, mesmo sendo uma informação base.

Na última segunda-feira (13) houve uma reunião dentro do gabinete do prefeito da Serra, Audifax Barcelos (Rede), o objetivo era esclarecer dúvidas sobre a obra. Entre os convidados estavam o DNIT que encaminhou dois representantes. A reportagem do TEMPO NOVO abordou os servidores e pediu uma estimativa do volume de tráfego do atual trecho da BR-101 na Serra, além da estimativa para o Contorno, com o intuito de fazer um comparativo e demonstrar em números a importância da obra para a mobilidade urbana e segurança de trânsito.

Porém o engenheiro Fábio Jose Vitória, um dos representantes do DNIT, disse que não tinha os dados no momento e, portanto, não poderia responder a pergunta. A reportagem então demandou a assessoria de imprensa do órgão, que curiosamente também não respondeu a pergunta e orientou procurar à concessionária Eco-101, que administra os pedágios da BR-101 no ES. Essa por sua vez ainda não respondeu a demanda.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!