19.7 C
Serra
sábado, 28 maio - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

“Dinheiro do petróleo é uma das soluções para Praia Grande deslanchar”, aposta Carlos Magno

Leia também

Campanha de segurança de trânsito alcança 3 mil serranos

Desde o inicio deste mês, o Departamento Operacional de Trânsito (DOT), tendo em vista a campanha de conscientização de...

Polícia prende suspeitos de roubar carro com bebê e criança na frente de creche na Serra

A Policia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veiculos, prendeu em flagrante um dos...

Lei torna hediondo crime praticado contra menores de 14 anos

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.344/2022 que cria mecanismos para a prevenção e o enfrentamento da violência...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Carlos Magno defende linhas de ônibus municipal para ligar Praia Grande aos outros distritos. Foto: divulgação

Praia Grande é um dos balneários mais conhecidos dos moradores da região metropolitana, mas sofre com a falta de investimos e infraestrutura. São ruas que precisam de calçamento, sinalização de trânsito, adequação de vias e calçadão, por exemplo, com objetivo de atrair novos turistas e girar a economia local.

Uma das soluções para resolver esse gargalo é a destinação do dinheiro dos royalties de petróleo para um Fundo de Desenvolvimento de Praia Grande, que poderá criar um planejamento para execução anual de obras. É o que defende o bacharel em administração, Carlos Magno, candidato a prefeito de Fundão pelo PSDB.

“Nosso litoral é lindo, cheio de belezas naturais e propício para o turismo. Por isso precisamos trazer um olhar diferente para o local. Na gestão da ex-prefeita Maria Dulce, conseguimos construir a pista que liga Praia Grande a BR-101, agora precisamos investir no nosso litoral para trazer turistas, inclusive da região montanhosa do ES”, explica Carlos Magno.

De acordo com ele, Fundão recebe anualmente R$ 18 milhões de royalties de petróleo, e parte desse dinheiro poderia ser aplicado na reestruturação de Praia Grande.

“Se a gente criar o Fundo de Desenvolvimento de Praia Grande, vamos estabelecer um mecanismo para garantir obras o ano todo, o dinheiro do petróleo pode ser a fonte principal, mas não impede de buscarmos outros fontes adicionais, como investimentos privados e públicos, por meio do Ministério das Cidades e do Governo do Estado. Tendo esse Fundo, tudo fica mais fácil, aí é correr atrás de recursos. Por isso a necessidade de um prefeito articulado e com disposição”, detalha.

Carlos Magno ainda defendeu que haja mais integração entre Praia Grande e os demais distritos de Fundão.

“As vezes muitos amigos meus de outras cidades, acham que Praia Grande faz parte da Serra. Temos que mudar essa visão. Praia Grande é Fundão com muito amor e carinho, é um local família, de praias espaçosas, com piscinas naturais. Temos que integrar nossa cidade, por isso o Fundo é importante, pois se Deus já fez nosso litoral lindo do jeito que é, imagina com investimos e infraestrutura?”, finalizou.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!