22.6 C
Serra
segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Deputada quer isenção de estacionamento para pacientes com câncer em hospitais

Leia também

Serra está há dois dias sem registrar mortes causadas pelo coronavírus, diz Estado

Mesmo seguindo na liderança do número de mortes causadas pela Covid-19 no Espírito Santo, a Serra não registra moradores...

Candidatura de Bruno Lamas é teste de popularidade do Governo nas eleições 2020

Os resultados das eleições de novembro, na Serra, podem ser a resposta do povo às ações do Governo do...

Políticos capixabas lamentam marca dos 100 mil mortos por coronavírus no Brasil

Políticos de todo o país manifestaram preocupação com o avanço do número de mortos em decorrência da Covid-19. O...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

cancer
A matéria de iniciativa da deputada estadual Raquel Lessa (Pros) prevê que a gratuidade só será possível mediante à comprovação com documentos emitidos pelos hospitais aos pacientes ou acompanhante. Foto: Divulgação Cecade

Acompanhantes e pacientes em tratamento de quimioterapia ou radioterapia poderão ficar isentos de pagar taxa de estacionamento nos hospitais do Estado. Um Projeto de Lei está tramitando na Assembleia Legislativa para este fim.

O PL 289/2019 vai receber parecer das comissões de Justiça, Defesa do Consumidor e Finanças antes de seguir para a votação no plenário.

A matéria de iniciativa da deputada estadual Raquel Lessa (Pros) prevê que a gratuidade só será possível mediante à comprovação com documentos emitidos pelos hospitais aos pacientes ou acompanhante. O texto também estabelece que o período de permanência gratuita do veículo no estacionamento dos estabelecimentos deve se restringir ao tempo de duração da sessão de quimioterapia ou radioterapia.

“Dependendo do tipo da doença, o paciente pode precisar de radioterapia e quimioterapia por várias semanas e, em alguns casos, com duração de até sete horas por sessão. Durante o período em que o paciente se submete aos tratamentos, o estacionamento é cobrado sem interrupções, tornando o valor muito caro e inviável”, justifica a autora do projeto. 

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Candidatura de Bruno Lamas é teste de popularidade do Governo nas eleições 2020

Os resultados das eleições de novembro, na Serra, podem ser a resposta do povo às ações do Governo do Estado durante a pandemia do...

Políticos capixabas lamentam marca dos 100 mil mortos por coronavírus no Brasil

Políticos de todo o país manifestaram preocupação com o avanço do número de mortos em decorrência da Covid-19. O governador Renato Casagrande (PSB) usou...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!