23.9 C
Serra
quarta-feira, 03 de junho de 2020

Deputada quer impedir retirada de cobradores do Transcol

Leia também

Movimento Negro quer Lockdown com urgência no ES

Em carta aberta, representantes do Movimento Negro do ES pedem ao Governo do ES medidas para minimizar os efeitos...

Lojistas de Laranjeiras marcam novo ato por reabertura total do comércio

Um grupo de lojistas de Laranjeiras promete fazer na manhã desta quarta-feira (03), mais um ato pela abertura total...

Assaltos a mão armada em Chácara Parreiral assusta moradores

  Moradores de Chácara Parreiral reclamam da quantidade de assaltos que tem acontecido no bairro. Segundo eles, roubos e assaltos a...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Projeto de lei é da Janete de Sá. Foto: Divulgação / Ales

Um projeto de lei (PL) que está tramitando na Assembleia Legislativa quer impedir que o Governo do Estado retire os cobradores dos coletivos do sistema Transcol. A proposição da deputada Janete de Sá (PMN), caso aprovada, vai ao encontro do anúncio feito pela Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (Setop) que os novos ônibus com ar-condicionado contarão apenas com o motorista.

O PL torna obrigatória a presença de motorista e cobrador para não haver acúmulo de função de ambas as partes. Para a deputada, é de extrema importância manter os cobradores dentro dos coletivos, para auxiliar os passageiros e o motorista, além de evitar a eliminação de centenas de postos de trabalho.

“De qualquer forma, sabemos que o desenvolvimento tecnológico é um processo inexorável nos dias que correm, mas temos que nos preocupar na manutenção dos postos de trabalho. Esclarecemos que a atividade do cobrador está expressa na planilha de custos no edital de licitação que determinou a concessão do transporte coletivo no Estado. Os custos já estão embutidos”, justifica Janete.

A proposição ainda prevê aplicação de advertência, multa e até cassação de concessão das empresas que não respeitarem a regra. Ainda segundo o texto do PL, a Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb) será a responsável por fiscalizar se as empresas estarão cumprindo as novas regras.

A reportagem acionou a Setop e a Ceturb para saber se os órgãos querem se pronunciar sobre a proposição da deputada, assim que a demanda for respondida, será publicada neste espaço.

Anúncio de mudança gerou polêmica

No mês passado, o Governo do Estado apresentou como será os novos ônibus e a medida de retirar os cobradores causou polêmica e já gerou três protestos do Sindirodoviários. Os coletivos com ar-condicionado que foram lançados no mês passado não terão a cabine para os cobradores. Com isso, somente passageiros que tiverem o cartão de bilhetagem eletrônica poderão utilizar os novos ônibus, já que não será permitido o pagamento da tarifa em dinheiro.

No dia 26 de junho, o governador Renato Casagrande, juntamente com o secretário de Estado dos Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno, e o diretor-presidente da Ceturb-ES, Raphael Trés, apresentaram os novos coletivos e entregaram 20 ônibus que serão colocados em circulação na próxima semana. A previsão é que até o final do ano seja 100 ônibus com ar-condicionado.

Os coletivos iniciais irão operar nas linhas troncais – que fazem a viagem de terminal a terminal – e a meta é que até 2022 sejam 600 ônibus com ar-condicionado. O Governo do Estado ainda não divulgou quais a linhas serão contempladas com a novidade.

Os ônibus com ar-condicionado, assim como a implantação de wi-fi nos coletivos, faz parte do pacote de medidas que Casagrande prometeu no início do ano como a “recuperação do sistema” Transcol, que é alvo de muitas reclamações por parte dos capixabas que precisam utilizar o transporte público para se locomoverem: calor, insegurança e superlotação são algumas das queixas dos usuários.

Comentários

Mais notícias

Lojistas de Laranjeiras marcam novo ato por reabertura total do comércio

Um grupo de lojistas de Laranjeiras promete fazer na manhã desta quarta-feira (03), mais um ato pela abertura total do comércio. Um dos articuladores da...

Assaltos a mão armada em Chácara Parreiral assusta moradores

  Moradores de Chácara Parreiral reclamam da quantidade de assaltos que tem acontecido no bairro. Segundo eles, roubos e assaltos a mão armada tem acontecido com...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!