21.1 C
Serra
sábado, 07 de dezembro de 2019

Decreto que cria polo de tecnologia na Serra será assinado nesta quarta-feira (09)

Leia também

Roupas, artesanato e gastronomia em feira de empreendedoras em Laranjeiras

Para quem curte incentivar o empreendedorismo feminino e quer presentear no fim de ano com produtos feitos ou vendidos...

Varejo da cidade projeta Natal bom após vendas da Black Friday

As vendas da Black Friday animaram o varejo da cidade, que projeta um Natal melhor do que os dos...

Jeremias vai ao Paraná abrir programação de Natal de Laranjeiras do Sul

O cantor Jeremias Reis, ganhador do The Voice Kids deste ano, está fazendo shows em diversas cidades e estados...

A unidade de Manguinhos do Ifes faz parte da articulação para implementar o projeto e estará inserida no polo. Foto: Divulgação/Ifes

Está prevista para esta quarta-feira (09) assinatura do decreto que cria o Polo de Inovação Tecnológica da Serra, o Polo InovaSerra. O ato está marcado para às 8h, deverá ter participação do prefeito Audifax Barcelos (Rede) e ocorrerá  durante o Café de Negócios promovido mensalmente pela Associação dos Empresários da Serra (Ases).

O InovaSerra deverá abranger área entre o Ifes de Manguinhos e o Polo Cercado da Pedra, expansão do Civit II. De acordo com a assessoria de imprensa do prefeito, haverá  incentivos fiscais para as empresas do setor  de tecnologia que se instalarem no local. A expectativa é de que até o fim do próximo ano dez novas empresas da área de inovação estejam instaladas na área.

“A cidade necessita de um espaço dinâmico, que reúna produção acadêmica e empresas de base tecnológica e inovadoras no mesmo ambiente, desenvolvendo tecnologia tanto para exportação quanto para o que a cidade precisa. Acredito que o novo polo pode aquecer o mercado, barateando custos para as empresas locais, gerando emprego e renda para a população e aumentando a qualidade de vida das pessoas”, disse o Audifax.

Serão concedidos até 100% de desconto no Imposto sobre Propriedade Territorial e Predial Urbana (IPTU); redução de alíquota do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e até 50% de isenção do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

Participação de movimento empresarial e Ifes

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico da Serra (Sedec), José Eduardo Azevedo, a criação do polo de inovação é fruto do Programa InovaSerra, uma iniciativa conjunta da Prefeitura da Serra, Associação dos Empresários da Serra (Ases), Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) Serra e parceiros públicos e privados, que são co-fundadores do polo.

O secretário explica que um conjunto de atividades voltadas para o fomento da cultura de inovação, incentivo ao desenvolvimento de tecnologia e inovações por meio de eventos, oficinas e apoio às empresas já começaram a ser implementados na cidade.

Azevedo afirmou que a área escolhida para implantação do polo é estratégica. “Escolhemos uma área com disponibilidade efetiva para implantação de empreendimentos, que vai do Ifes ao Polo Cercado da Pedra, agregando bairros como Morada de Laranjeiras e Civit II”.

O secretário também destacou que a área contempla três hospitais e faculdades com cursos na área de exatas e biomédicas, um instituto de ciência e tecnologia e disponibilidade de área para instalação e atração de empresas e instituições inovadoras e startups. “Acreditamos que vamos atrair, principalmente, empresas e startups de pequeno e médio porte, com faturamento em torno de R$ 4 milhões ao ano. O polo deve receber empresas com perfis ousados, versáteis, que investem no diferente e tecnológico e requerem mão de obra qualificada e capacitada”, detalha.

Segundo Azevedo, o polo deverá funcionar como ambiente físico que integra empresas de base tecnológica, spin-off (startup derivada de uma média ou grande empresa) e empresas inovadoras, empreendimentos públicos e privados de Instituições Científica Tecnológica e de Inovação (ICTs), como o Senai Serra, Instituição de Ensino, Pesquisa e Extensão, associação de empresários, incubadoras, aceleradoras e demais ambientes de inovação que promovam a cultura da inovação, a pesquisa e a inovação tecnológica.

Cidade já tem polo informal com mais de 400 empresas de TI

Levantamento feito pelo Tempo Novo junto à prefeitura da Serra em julho de 2017, apontava que o município já possuía expressivo pólo tecnológico e informal e disperso naquela época. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, eram 418 empresas de Tecnologia da Informação (TI) instaladas na cidade, que ofereciam serviços para setores diversos como educação, rochas, metalmecânica e ambiental.

Até a manhã da última terça –feira (08), ainda não estava claro se o decreto que cria o pólo Inova também estenderá os benefícios a empresas de tecnologia já instaladas em outras regiões  da cidade não abrangidas pelo InovaSerra.

Comentários

Mais notícias

Varejo da cidade projeta Natal bom após vendas da Black Friday

As vendas da Black Friday animaram o varejo da cidade, que projeta um Natal melhor do que os dos últimos anos. Segundo a Fecomércio-ES,...

Jeremias vai ao Paraná abrir programação de Natal de Laranjeiras do Sul

O cantor Jeremias Reis, ganhador do The Voice Kids deste ano, está fazendo shows em diversas cidades e estados brasileiros. A agenda do morador da...

Cobrinha Coral encara Vitória na estreia da Copa SP

Campeão Capixaba Sub-20, o Serra vai enfrentar XV de Jaú (SP), Vitória (BA), e Guarani (SP) na Copa São Paulo de Futebol Junior 2020,...

Vereador ameaça ir à Justiça para que licitação milionária do lixo passe pela Câmara

O vereador Aílton Rodrigues (PSC) promete acionar a Justiça para barrar a contratação da empresa que vai assumir o serviço de limpeza pública, coleta...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!