21.8 C
Serra
quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Debate político na Serra esquenta em grupos de WhatsApp

Leia também

Mundial Sub-17: seleções seguem treinando na Serra | Veja vídeo

A Serra está sendo o Centro de Treinamento (CT’s) de doze seleções que disputarão o Mundial Sub-17 da Fifa....

Governo Federal “desmonta” assistência social e pobreza avança, denuncia secretário

Parte II, Bloco Assistência Social Veja a Parte I da entrevista: Eleição 2020 A frente da Secretária de Trabalho, Assistência e...

Banestes diz que não vai fechar agência em Nova Almeida, mas comunidade teme desinvestimento

Já foram afixadas placas na Agência do Banestes em Nova Almeida, informando aos clientes que a unidade vai sofrer...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Um dos grupos que gera muita polêmica é o das lideranças comunitárias da Serra, onde fi ca evidente a polarização entre Audifax e Vidigal. Foto: Joatan Alves

A oito meses das eleições, pré-candidatos e lideranças políticas buscam alternativas criativas para levar suas propostas ao eleitorado e debater ideias com formadores de opinião. Neste contexto, uma ferramenta que merece destaque é o aplicativo WhatsApp que tem sido usado como um facilitador nesta interlocução.

O líder comunitário e pré-candidato Adriano Cordeiro é administrador do grupo Lideranças do Governo, formado também por vários vereadores. “É um grupo informativo, com agenda de reuniões, ordem do dia e expediente. O WhatsApp é importante devido à rapidez de acesso às pessoas, mas não podemos abrir mão de fazer um contato real com as pessoas”, avaliou Adriano.

O grupo Liderança do Movimento Popular tem 256 membros e tem entre os administradores Jean Cassiano. “O grupo tem o intuito de debater os problemas enfrentados por lideranças do movimento popular da Serra. Alguns presidentes encontram dificuldades para interlocução com o poder público, e o próprio prefeito está no grupo. Temos pessoas ligadas à administração municipal, mandatários, lideranças sindicais e outros”, disse.

Apesar da proposta dos administradores de manter o debate em nível elevado, alguns membros conduzem as discussões para o campo pessoal, atacando os companheiros e mandatários.

O Serra em debate – criado pela professora da rede municipal Mara Gomes Almeida, tem 190 membros. “A ideia era discutir a cidade. Porém às vezes as discussões se convergem para o lado pessoal. Cada um parece que defende apenas seu cargo e por isso o debate pode tomar um rumo de interesse muito pessoal. Tento conduzir o debate para que não saiam do foco”, disse Mara.

Outro grupo é o Política da Serra 2016, que é administrado pelo pré-candidato Igor Corato, que tem como proposta manter um debate qualificado, analisando o cenário político da cidade. “Não se fala sobre candidatos especificamente, mas os pré-candidatos em geral; A regra foi muito clara quando construímos o grupo, sobre o respeito ao próximo e às autoridades e lideranças políticas. São detentores de mandato, ex-mandatários, presidentes de partidos e lideranças que querem discutir política”. Avalia Corato.

Mais notícias

video

Mundial Sub-17: seleções seguem treinando na Serra | Veja vídeo

A Serra está sendo o Centro de Treinamento (CT’s) de doze seleções que disputarão o Mundial Sub-17 da Fifa....

Governo Federal “desmonta” assistência social e pobreza avança, denuncia secretário

Parte II, Bloco Assistência Social Veja a Parte I da entrevista: Eleição 2020 A frente da Secretária de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), Bruno Lamas...

Banestes diz que não vai fechar agência em Nova Almeida, mas comunidade teme desinvestimento

Já foram afixadas placas na Agência do Banestes em Nova Almeida, informando aos clientes que a unidade vai sofrer mudanças. Na prática o banco...

Prefeitura faz demolição de casas em invasão na Serra

A invasão que persisti em continuar, na área de proteção ambiental, na Avenida Norte Sul, em Colina de Laranjeiras, sofreu mais um duro golpe...

Projeto abre mil vagas para cursos profissionalizantes

Está em casa desempregado e sem dinheiro para fazer um curso profissionalizante? Um projeto social da Serra, o Juventude Ativa, está com inscrições abertas...

Você também pode ler

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!