21.1 C
Serra
sexta-feira, 10 de abril de 2020

“Daqui pra frente é pensar no Brasil sob comando de Bolsonaro”, diz Magno após derrota

Leia também

Império de Fátima vai doar cestas básicas para circos e máscaras para unidades de saúde da Serra

A escola de samba Império de Fátima se mobilizou para ajudar famílias carentes e artistas circenses da Serra. A agremiação...

Três secretários de Audifax devem disputar as eleições municipais em outubro

  A Prefeitura da Serra confirmou a desincompatibilização dos secretários Igor Elson B. de Almeida e Elcimara Rangel dos cargos de...

Número de casos confirmados da Covid-19 sobe para 300 no Espírito Santo

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Espírito Santo aumentou. De acordo com a última atualização divulgada...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

O senador Magno Malta vai se despedir do Senado. Foto: Divulgação

Em um resultado surpreendente, os eleitores do Espírito Santo renovaram as duas vagas do Senado pelo próximos 8 anos. Os favoritos na maioria das pesquisas de intenção de votos, senadores Ricardo Ferraço (PSDB) e Magno Malta (PR), foram abatidos pelos candidatos Fabiano Contarato (Rede) e Marcos do Val (PPS). A não eleição de Magno Malta vai já contramão do que se observou em nível nacional, onde apoiadores do candidato a presidente Jair Bolsonaro conseguiram se eleger nos principais estados.

Durante as negociações para fechamento das chapas eleitorais, Magno chegou a ser convidado por Bolsonaro para ser o vice. Malta é um dos principais políticos que apoiam o ex-capitão do Exército. Mas isso não foi suficiente para transferir votos para sua candidatura ao Senado Federal. Além disso, outro fato que jogava a favor de Magno, mas que também não se mostrou determinante para a vitória, foi o alto valor recebido dos fundos eleitoral e partidário, ao todo foram R$ 2.7 milhões.

No ES, Bolsonaro obteve um desempenho maior do que na média nacional. Foram 54% das instituições de votos, contra 46% no total de votos nacionais.

Entre os motivos que explicam a não-eleição de Magno está a ausência do senador na campanha eleitoral capixaba, uma vez que Malta é um dos articuladores da campanha presidencial de Bolsonaro no país, o que acarretou em ausência física de Magno Malta junto ao eleitorado capixaba. O senador viajou em agendas de campanha por todo o país”.

Nas redes sociais o senador se disse tranquilo. “A urna é um detalhe, quem escreve nossa vida é Deus. Tive dois mandatos de senador, cumpri meu papel, honrei meu povo. Estou absolutamente grato a Deus por tudo. Há seis anos e meio, eu sonhei um sonho junto com Jair Bolsonaro, de ver um presidente que honre a Nação e a família brasileira. Daqui pra frente é pensar num novo Brasil sob comando de Bolsonaro”, disse Magno Malta.

Nas redes sociais, as reações foram variadas, e vão desde comentários jocosos sobre a derrota de Magno a lamentos pelo resultado. Mas muitos de seus simpatizantes pedem que num eventual Governo de Bolsonaro, Magno Malta se torne ministro.

Confira a votação dos candidatos ao Senado na Serra:

Fabiano Contarato-eleito (Rede) 156.417
Marcos Do Val-eleito (PPS) 114.252
Magno Malta (PR) 58.498
Ricardo Ferraço (PSDB) 29.686
Sub tenente Assis (PSL) 27.432.   
Célia Tavares (PT) 22.079

Comentários

Mais notícias

Três secretários de Audifax devem disputar as eleições municipais em outubro

  A Prefeitura da Serra confirmou a desincompatibilização dos secretários Igor Elson B. de Almeida e Elcimara Rangel dos cargos de secretário de Serviços e de...

Número de casos confirmados da Covid-19 sobe para 300 no Espírito Santo

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Espírito Santo aumentou. De acordo com a última atualização divulgada pela Secretaria de Estado da...

Serra tem 11 novos casos de coronavírus e registra 64 pacientes contaminados

Em 24 horas, a Serra teve um aumento significativo no número de casos confirmados do novo coronavírus. De acordo com a última atualização divulgada pela...

Novos partidos alteram o tabuleiro no plenário da Câmara da Serra

Os sem-partido Os vereadores passaram um perrengue nos últimos dias do prazo para filiação partidária para quem tem mandato, 3 de abril. Após o corre-corre,...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem