24.1 C
Serra
sexta-feira, 29 de Maio de 2020

Criticados pela retirada de pauta do PL que reduz salários de deputados, Bruno e Xambinho doam parte dos vencimentos

Leia também

Contarato pede ao Ministério Público que investigue Ricardo Salles

O senador capixaba Fabiano Contarato (Rede), ao lado do também senador Jaques Wagner (PT-BA), pediu ao Ministério Público que...

Morada e Colina de Laranjeiras registram juntos 260 casos confirmados de Covid-19

Os bairros da Serra com mais registro de casos confirmados do novo coronavírus são Morada de Laranjeiras com 131...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Foto: divulgação

Após a polêmica votação que derrubou o pedido de urgência para votação do projeto que reduz salário dos deputados, dois representantes da Serra anunciaram que fizeram doação dos seus vencimentos a instituições caridade.

São eles Bruno Lamas (PSB) e Alexandre Xambinho (PL). Eles estão entre os deputados que na semana passada foram duramente criticados após votarem contra o projeto do colega parlamentar, Luciano Machado. A proposta pede a redução de 30% no salário dos deputados para ser revertidos em ações de combate ao coronavírus.

O projeto foi protocolado com pedido de urgência, no entanto foi derrubado pelos parlamentares, e agora não tem data para ser votado.

Como o salário base dos parlamentares é de R$ 25.322,25, o corte representaria redução de R$ 7.596 nas remunerações dos deputados. Em um mês seriam destinados R$ 277.900 para a saúde. Em três meses, período inicial de vigência da medida, seriam quase R$ 684 mil.

Dos 30 deputados estaduais, quatro votaram a favor da tramitação da matéria em regime de urgência especial. Da Serra, apenas Vandinho Leite (PSDB) votou favorável.

Além de Bruno e Xambinho, outros deputados que votaram contra o regime de urgência também anunciaram que fizeram doação de seus vencimentos, como Euclério Sampaio (DC). A pauta caiu como uma bomba para a opinião pública, ainda mais devido ao fato dos três deputados citados a cima, serem pré-candidatos a prefeito da Serra (Bruno e Xambinho) e Cariacica (Euclério).

Através das redes sociais Xambinho publicou um comprovante de depósito no valor de R$ 5.613,98 para o Projeto Casa Sagrada Família, que é conduzido pela Comunidade Epifânia, sediada em Vila Velha, e se dedica a cuidar das crianças de 0 a 6 anos vítimas de negligência doméstica ou orfandade em relação ao tratamento do HIV/AIDS.

“Aproveito essa oportunidade para assumir o seguinte compromisso: independente do resultado da votação do projeto que segue em tramitação na Assembleia Legislativa, doarei 30% do meu salário para uma instituição de caridade diferente, enquanto durar a situação de emergência do coronavírus, sempre publicando os comprovantes nas minhas redes sociais”, disse o deputado.

Bruno Lamas também fez doação no mesmo valor. “Tirando do próprio bolso. A atitude que tomei hoje, abrindo mão de 30% da minha remuneração, não é inédita na minha vida. Quando fui vereador, na Serra, destinei parte da minha remuneração para instituições filantrópicas. Hoje, repito o gesto por entender que mais do que nunca é preciso abrir o coração e pensar no coletivo. É tempo de cuidar das pessoas. Que cada um faça a sua parte”, explicou o parlamentar.

Comentários

Mais notícias

Morada e Colina de Laranjeiras registram juntos 260 casos confirmados de Covid-19

Os bairros da Serra com mais registro de casos confirmados do novo coronavírus são Morada de Laranjeiras com 131 casos e Colina de Laranjeiras...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!