• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
24 C
Serra
quarta-feira, 03 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados

Contarato chama Bolsonaro de ‘dublê de presidente’ e defende impeachment

Leia também

Festival Voadora terá 12 shows autorais com destaques da música capixaba  

Cento e oitenta e seis projetos foram inscritos para o processo de seleção do Festival Voadora, cujas apresentações acontecem entre...

Detran implanta exame teórico digital na Ciretran Serra Sede e facilita vida de moradores

O município da Serra receberá mais uma Sala de Exames Teóricos digital do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito...

Vereador defende regulamentação do serviço de mototáxi na Serra

  Por meio do Projeto Indicativo de Lei 43/2021, o vereador Pablo Muribeca (Patriota) defende a regulamentação do serviço de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Contarato defendeu processo de impeachment contra Bolsonaro. Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador capixaba, Fabiano Contarato (Rede), subiu o tom contra o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido), e afirmou que defende um processo de impeachment para retirá-lo do cargo. A declaração foi dada após as desastrosas e fracassadas ações do governo federal no combate ao coronavírus, principalmente, na vacinação da população, que segundo especialistas e autoridades políticas, está atrasada no país.

Contarato ainda chamou o chefe do Executivo nacional de “dublê de presidente” e disse acreditar que a interrupção da gestão de Bolsonaro é a única opção para não “afundar” o Brasil. A fala do senador foi publicada em sua conta oficial do Twitter e ganhou repercussão nacional.

“A superação da crise de saúde e a retomada da economia passam invariavelmente pela capacidade de liderar o país, de assumir os ônus da Presidência. Ou interrompemos esse desgoverno já, ou afundaremos o país: é uma temeridade aguardar 2022 com um dublê de Presidente”, disse.

O senador ainda finalizou sua publicação com a hashtag ‘#impeachmentJá’. Nos comentários, muitos internautas e seguidores de Contarato apoiaram a mensagem deixada por ele: “isso aí Senador! O Brasil não aguenta mais dois anos sendo guiados pela incompetência, pelo negacionismo e pela preguiça que são marcas desse desgoverno”, afirmou um perfil em reposta.

Pouco tempo depois, em outra publicação, o parlamentar capixaba comemorou a aprovação das vacinas contra a Covid-19 do Butantan e Fiocruz e voltou a criticar o governo federal. Conforme informado pelo TEMPO NOVO neste domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial dos imunizantes.

“O Brasil ganha uma lufada de esperança, com a vacina. As doses já disponíveis, porém, são fruto de iniciativas alheias ao governo federal, que segue omisso, como se seu papel fosse aguardar solução mágica. Parabéns à Anvisa, à Fiocruz e ao Butantan.”

Governo Federal e a pandemia de coronavírus 

Desde o início da pandemia, o governo federal tem sido alvo de duras críticas relacionadas ao combate à Covid-19. O presidente Jair Bolsonaro, por exemplo, demitiu dois ministros – que eram favoráveis as medidas sanitárias mundiais de controle do coronavírus – e sempre se manteve na posição contrária: causando aglomerações, negando o uso de máscaras e incentivando o uso de medicamentos sem eficácia para tratamento precoce, o que  não existe.

Fabiano Contarato sempre se mostrou contrário ao governo federal e já vinha realizando duras críticas a Bolsonaro e seus ministros.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!