27 C
Serra
terça-feira, 31 de março de 2020

Conta mais barata faz procura por energia solar crescer 200%

Leia também

Ceturb apresenta nesta quarta-feira plano de ação para evitar aglomerações nos terminais

Guardas municipais e agentes da Polícia Militar devem atuar nos terminais rodoviários da Grande Vitória para impedir aglomerações. Essa...

Coronavírus na Serra: casos confirmados sobem para 14

A Serra tem 14 casos confirmados de coronavírus. A informação foi divulgada pelo governador Renato Casagrande (PSB) no início...

Rodrigo Caldeira está a um pé de deixar o partido de Audifax para se filiar no PDT de Vidigal

O presidente da Câmara da Serra, Rodrigo Caldeira está próximo de fazer uma curva de 180° e se filiar...

Dinaldo é dono de empresa que instala sistemas de energia solar. Foto: Fábio Barcelos

Com o alto preço na conta de luz, muitos serranos têm buscado a energia solar para diminuir os gastos. Na Serra, a procura aumentou em mais de 200%, segundo empresário que atua no segmento.

Segundo Dinaldo Rosário dos Santos, sócio-proprietário da Iuno Energia Solar, de Colina de Laranjeiras, a procura na loja aumentou mais de 200%, e cerca de 60% dos clientes são para residência. “De 2018 para cá, a busca por orçamentos aumentou mais de 200%. Já instalamos 65 projetos na Serra”, diz.

Dinaldo exemplifica que uma família de quatro pessoas com uma conta média de luz de R$ 450 mensais precisa instalar sistema solar de R$ 17 mil para gerar a energia correspondente ao consumo. “Com isso, o valor da conta pode cair até 95%, caso ele mantenha o mesmo padrão de consumo. A conta não zera, pois o consumidor precisa pagar imposto sobre a geração da energia e iluminação pública”, explica.

Vale lembrar que a energia excedente gerada durante o dia é disponibilizada para o sistema público e volta em crédito à noite, quando as placas não produzem. Também é possível transferir crédito para a conta de outro imóvel do mesmo consumidor. 

Mas para ter clareza da viabilidade econômica de um projeto de energia solar, é preciso considerar a vida útil e a manutenção das placas. “Como elas duram cerca de 25 anos, o custo anual do investimento de um projeto de R$ 17 mil seria de pouco mais de R$ 1 mil por ano. São R$ 680 do valor das placas e R$ 350 de limpeza/manutenção anuais”, detalha. 

O morador de São Francisco, Rider Rocha de Souza, fez as contas e concluiu que investir no sistema era melhor do que deixar o dinheiro na poupança. “Tinha R$ 20 mil na poupança, que me renderiam menos de R$200 por mês. Há oito meses, instalei as placas fotovoltaicas e minha conta caiu de R$550 para uns R$200, em média. E, antes, usávamos tudo com muito controle: tinha um ar-condicionado que ligava por 6 horas à noite, tomava banho correndo. Agora,faço isso com mais calma, uso o ar a noite toda e instalei mais dois em casa”, explica.

Também morador de São Francisco,DelugesCavassani teve uma redução de 70% na conta. “A conta de energia é uma que pagamos e nunca dá retorno, então entendi que instalar energia solar seria um investimento. Gastei R$27,6 mil para colocar e, desde então, só pago os impostos. A conta caiu de R$400 para R$120, e a energia que é gerada está sobrando; então, posso transferir esses créditos para meu outro imóvel, o que está em processo na EDP”, aponta.

Comentários

Mais notícias

Coronavírus na Serra: casos confirmados sobem para 14

A Serra tem 14 casos confirmados de coronavírus. A informação foi divulgada pelo governador Renato Casagrande (PSB) no início da noite desta segunda-feira (30)....

Rodrigo Caldeira está a um pé de deixar o partido de Audifax para se filiar no PDT de Vidigal

O presidente da Câmara da Serra, Rodrigo Caldeira está próximo de fazer uma curva de 180° e se filiar no PDT, do deputado federal,...

AO VIVO | Casagrande anuncia novas medidas contra o coronavírus

https://www.youtube.com/watch?v=ypBojnu5huk O governador Renato Casagrande (PSB) está concedendo uma coletiva de imprensa no final desta segunda-feira (29) para anunciar novas medidas contra o avanço do...

Coronavírus avança e ES registra primeiros casos de transmissão comunitária

O Espírito Santo registrou os primeiros casos de transmissão comunitária, ou seja, a Secretaria de Estado de Saúde não consegue identificar a origem da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem