21.9 C
Serra
quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Conselho encontra falsos profissionais de Educação Física em academias da Serra

Leia também

Uma tonelada de ração para animais vítimas das chuvas no interior

Uma tonelada de ração será enviada para os animais dos municípios do interior do estado que foram atingidos pelas...

Erick Musso convoca deputados para aprovar pacote de ajuda para os atingidos pela chuvas

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Erick Musso (Republicanos), deve convocar o plenário extraordinariamente, na próxima segunda-feira (27), atendendo...

Pele Morena e congo encerram as atividades da Arena Procon hoje (22) em Jacaraípe

A Arena Procon Serra está se despedindo da praia de Jacaraípe nesta quarta-feira (22). Além das atividades que duram...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Durante a fiscalização a maioria das irregularidades foram na musculação, 41 casos. Foto: Pixabay

A Serra é líder quando o assunto é o exercício ilegal da profissão de Educação Física. O Departamento de Fiscalização do Conselho Regional de Educação Física (Cref1) flagrou diversos falsos profissionais a frente de atividades físicas em academias e centros de treinamento no primeiro semestre deste ano em todo o  Espírito Santo.

Do total de casos de exercício ilegais, 48 foram detectados no decorrer de seis operações de fiscalização, sendo a maior delas a executada na Serra. A Operação Mestre Álvaro foi dividida em três etapas e foi concluída com a notificação de 23 falsos profissionais.  No ranking de cidades com maior número de exercício ilegal, Serra ficou em primeiro com 27 ocorrências, seguido por Vitória com 15 casos e Linhares com 10. 

Das atividades encontradas, mais da metade dos flagrantes ocorreram na Musculação (41 casos), seguido por Circuito (07). Já nos menos recorrentes, estão o Pilates, Ginástica Rítmica e Ballet Fitness, com uma ocorrência cada. Os nomes dos estabelecimentos fiscalizados não foram divulgados pelo Conselho.

Todos os casos de exercício ilegal foram encaminhados ao Ministério Público do ES e os estabelecimentos irregulares estão com processos em andamento no Departamento Jurídico do Conselho.

Ao todo, de janeiro a junho, o Conselho percorreu os municípios de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Guarapari Viana, Fundão, Presidente Kennedy, Vargem Alta, Mimoso do Sul, Atílio Vivacqua, Bom Jesus do Norte, Linhares, Ibatiba, Dores do Rio Preto, Iconha, Cachoeiro de Itapemirim e Alegre.

Comentários

Mais notícias

Erick Musso convoca deputados para aprovar pacote de ajuda para os atingidos pela chuvas

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Erick Musso (Republicanos), deve convocar o plenário extraordinariamente, na próxima segunda-feira (27), atendendo ao pedido do governador Renato...

Pele Morena e congo encerram as atividades da Arena Procon hoje (22) em Jacaraípe

A Arena Procon Serra está se despedindo da praia de Jacaraípe nesta quarta-feira (22). Além das atividades que duram o dia todo, vai ter...

Sede recebe palestras sobre história e ciclo folclórico da Serra

Acontecem nesta quarta-feira (22) às 18h no auditório da Câmara Municipal, duas palestras promovidas pela Associação Comercial e Empresarial da Serra Sede (Acess) ....

Festival de Doces com quindim gigante em Nova Almeida

O Festival de Doces que acontece no fim da próxima semana, na Praça dos Pescadores, em Nova Almeida tem a mão da ex-vereadora e...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem