26.8 C
Serra
sábado, 14 de dezembro de 2019

Não é mole não

Leia também

Sermus anuncia ‘pacote de bondade’ do Executivo

Conteúdo patrocinado Faltando 17 dias para terminar o ano, o presidente do Sindicato dos Servidores da Serra -Sermus, Osvaldino Luiz...

Vanessa da Mata, Jeremias Reis e Natércia Lopes em show gratuito na Praça do Papa

Um dos ícones da MPB, Vanessa da Mata, será a convidada especial do Natal de Encantos 2019 que acontece...

Sábado e domingo com mostra de filmes, auto de Natal e palestra em São Diogo

O Centro Cultural Eliziário, em São Diogo, na Serra, vai promover neste fim de semana uma série de agendas...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Em 2019, vereadores da Serra protocolaram 29 pedidos de informação ao Executivo municipal. São solicitadas informações sobre contratos, cópias de documentos, agendas com membros do secretariado e também com o prefeito. Chamam a atenção o volume e, também, os pedidos complexos. Para citar: o Requerimento nº 28 pede cópia de todas as licenças ambientais emitidas de 2014 para frente, bem como relatórios de pagamentos, serviços realizados e cópias de notas fiscais. Oposição não é mole não…

Casa da desconfiança

Uma fonte interna da Câmara, em contato com o TEMPO NOVO, estava comentando o clima de desconfiança mútua que ronda a Casa de Leis. Segundo ele, muitos parlamentares têm optado por ferramentas de gravação às escondidas. Ele chegou a dizer: “Só aceito conversar nu dentro de uma piscina”. Essa é a nossa Câmara.

O fator Wanildo

A chegada de Wanildo Sarnaglia (Avante) à Câmara Municipal embolou com força o organograma interno. Isso porque a oposição perdeu Nacib Haddad (PDT), afastado pela Justiça; e seu suplente, Wanildo, não dá sinais de que vai caminhar com o grupo, mesmo com investidas fortes sobre ele. Agora, o grupo de oposição perdeu a hegemonia dos 2/3, que é o número capaz de (no limite) cassar o prefeito Audifax Barcelos (Rede). Entretanto, seguem votando projetos do Executivo a conta gotas, derrubando vetos e criando dificuldades ao prefeito.

Troca de caciques

Falando em PSB, quem assume a presidência do partido na Serra é a vice-prefeita, Márcia Lamas. Ela vai ocupar o lugar do ex-vereador Marcos Tongo, que se mudou para Brasília. Será Márcia a responsável pela montagem de chapa em 2020.

Faroeste do PSB…

Nessa semana, o vereador Cabo Porto (PSB) protagonizou uma polêmica (mais uma). Em vídeo gravado por ele, ao lado de uma escola municipal no bairro Nossa Senhora da Conceição, ele disse (nas palavras dele, só para frisar): “Vai vir chumbo na sua cabeça, seu traficante porqueira”. O parlamentar se referia a uma pichação no muro com os dizeres: “Abaixe o vidro e tire o capacete”. As fortes palavras de Porto ecoaram pelas redes sociais, onde receberam fortes críticas e também demonstrações de apoio. Curioso foi o comentário deixado nas redes do TEMPO NOVO pelo coronel Jailson Miranda, ex-secretário de Defesa Social da Serra e desafeto de Porto: “Só rindo… que estratégia”, limitou-se.

… ou PSB desarmado?

Do mesmo PSB que Porto, nessa semana o governador Casagrande também foi alvo de críticas e elogios ao defender que armas sejam de uso exclusivo da polícia. Casagrande defendeu o desarmamento da população em evento de entrega de quase 3.000 pistolas à Polícia Militar. “Quem tem de fazer esse trabalho é a polícia. Na hora em que você possibilita que pessoas sem treinamento passem a usar arma, elas podem se transformar numa ameaça à sociedade e à sua família”, disse o governador.

Mata a cobra e mostra o pau

Agora é lei: a EDP vai ter que anexar foto do medidor na conta de luz para garantir ao consumidor que está cobrando aquilo que efetivamente foi consumido. Segundo o autor, o deputado estadual Vandinho Leite (PSDB), a medida é para combater “abusos” e “desmandos” da empresa. Já EDP disse que não vai comentar o assunto.

A estratégia de Bruno

O secretário estadual Bruno Lamas (PSB) parece quieto, mas está trabalhando firme. Em contato com a reportagem, ele afirmou que vem montando um arco de aliança de seis partidos visando o pleito de 2020. Ele não detalhou quais seriam as siglas por ser uma informação estratégica. Além disso, ele comentou: “Tenho o governador (Renato Casagrande) no mesmo partido e dialogando bem com o prefeito Audifax (Rede), e abri diálogo com Vidigal (deputado federal do PDT)”.  É difícil uma conta dessa fechar; mas se por ventura acontecer, Bruno entra firme na disputa de prefeito.

Comentários

Mais notícias

Vanessa da Mata, Jeremias Reis e Natércia Lopes em show gratuito na Praça do Papa

Um dos ícones da MPB, Vanessa da Mata, será a convidada especial do Natal de Encantos 2019 que acontece neste sábado (14), a partir...

Sábado e domingo com mostra de filmes, auto de Natal e palestra em São Diogo

O Centro Cultural Eliziário, em São Diogo, na Serra, vai promover neste fim de semana uma série de agendas antes de seu recesso que...

Dia Nacional do Forró com show de Trio Lubião de graça no Parque da Cidade

Forrozeiros de todo Brasil comemoram o Dia Nacional do Forró nesta sexta-feira (13). E na Serra, vai ter festa em alusão a data e...

Final de semana será com falta de energia em bairros da Serra

Por conta de uma manutenção programada que será feita pela EDP Espírito Santo, muitos moradores da Serra ficarão sem energia elétrica durante este sábado...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!