26.6 C
Serra
domingo, 29 de novembro de 2020

Com 223 novos casos em 24h, Serra já possui 22.587 moradores infectados pela Covid-19

Leia também

Serra registra manhã tranquila de votação e sem aglomerações neste segundo turno. Veja fotos!

Por conta da pandemia causada pelo coronavírus, muitos eleitores ficam receosos em ir ao seu local de votação para...

Quem não votou no primeiro turno das eleições pode votar no segundo turno

Os eleitores que não foram às urnas no primeiro turno das eleições municipais deste ano podem votar no segundo...

Veja onde os candidatos a prefeito da Serra irão votar neste domingo

Neste domingo (29), eleitores da Serra estão voltando às urnas para escolher os próximo prefeito e vice-prefeito. E junto...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Em Laranjeiras, aglomerações são comuns na Avenida Central do bairro. Foto: Gabriel Almeida

A Serra ultrapassou a triste e preocupante marca de 22.500 casos de coronavírus. De acordo com a última atualização divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), em apenas 24 horas, foram mais 223 moradores diagnosticados com a Covid-19. Neste mesmo período, não houve registro oficial de óbitos. Enquanto os números aumentam, aglomerações continuam ocorrendo por todo o município, inclusive em bares, praias e outros locais públicos.

Segundo os dados mais recentes publicados no Painel Covid-19, a Serra já registra, no total, 22.583 pessoas que foram infectadas, 572 mortes e 21.599 moradores considerados curados da doença. Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, existem outros 31.256 moradores do município que podem estar infectados pelo coronavírus. No momento, eles aguardam o resultado dos testes já realizados.

A cidade, que ontem (20) liderava o número de óbitos, não registrou mortes nas últimas 24 horas. Dessa forma, a cidade caiu para a vice-liderança do triste ranking de cidades com mais vítimas fatais da Covid-19 no Espírito Santo. Quem ocupa a liderança agora é Vila Velha. O município canela verde possui 573 óbitos – um a mais que o serrano. No entanto, a situação da Serra é ainda mais complicada, já que a taxa de letalidade está mais alta: 2,53%. Em Vila Velha, a taxa é de 2,20%.

A situação preocupa as autoridades de saúde, já que os fins de semana têm sido de muitas aglomerações em praias, bares e outros locais das cidades capixabas e isso pode ocasionar um novo aumento de casos fatais e internações. É importante lembrar que desde o início da pandemia, a Serra sempre esteve entre as cidades mais afetadas pela doença, inclusive chegou a liderar o número de óbitos por várias semanas consecutivas.

Situação dos bairros

Os bairros da cidade com o maior número de óbitos são: Bairro das Laranjeiras (28), Feu Rosa (28), Nova Carapina I (22), Vila Nova de Colares (22), Parque Residencial Laranjeiras (19), Cidade Continental (18), José de Anchieta I (18), Barcelona (17), Planalto Serrano (17), Jardim Carapina (14) e Jardim Tropical (14).

Das mortes na cidade, a grande parte é de idosos ou pessoas com comorbidades, mas também houve registro de moradores mais jovens, com 32 e 43 anos. Nesse caso, sem informações sobre comorbidades.

Colina de Laranjeiras é o bairro com maior número de casos confirmados de coronavírus na Serra e já tem 1.083 confirmações. Em segundo lugar vem Feu Rosa, com 888. Ainda conforme apurado pelo TEMPO NOVO, no Painel Covid-19 – espaço onde o Estado contabiliza os dados do novo coronavírus – o Espírito Santo tem, no total, 176.903  confirmações, 4.101 mortes e 164.427 curados.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!