25.7 C
Serra
terça-feira, 30 novembro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Cobra venenosa invade casa na Serra, deixa moradores apavorados e biólogo alerta: “ela é mortal”

Leia também

Direitos Humanos | Serra vai ter mutirão para retificação de gênero e de nomes de pessoas trans

No dia 10 de dezembro se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos.  E na Serra vai ter uma...

Prefeitura vai reforçar iluminação em bairros da Serra com extensões de rede

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Serviços (Sese), anunciou que sete bairros da Serra vão ganhar reforço...

ES terá audiências públicas para mostrar diagnóstico de ações para reduzir riscos de inundações

Ao longo dos meses de dezembro deste ano e janeiro de 2022, o Governo do Estado, discutirá a macrodrenagem...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

Foto: Divulgação

Uma cobra da espécie jararaca acabou causando alvoroço entre moradores da comunidade de Barcelona, na Serra, durante esta semana. A serpente venenosa invadiu a residência de uma família do bairro e foi encontrada no canto da sala de estar. Apesar do seu tamanho, o animal ainda é um filhote.

Assim que viu a cobra, a proprietária da residência ligou, muito assustada, para a equipe plantonista da Secretaria de Meio Ambiente da Serra (Semma). Segundo os fiscais que trabalharam no resgate, havia três pessoas na residência, sendo uma idosa, além de dois cachorros. Ninguém foi atacado pela cobra, que mede cerca de 90 centímetros.

A situação ocorreu por volta das 21 horas e, após a avaliação, a espécie foi devolvida ao seu habitat natural, nas proximidades da Área de Proteção Ambiental da Lagoa Jacuném, na região de Barcelona. Inclusive, vale ressaltar, que é corriqueiro a entrada de cobras e outros animais silvestres nas casas do bairro devido à extensa área verde no entorno.

O biólogo Cláudio Santiago dá dicas de como agir se a pessoa observar um desses animais na sua residência. “Nunca tente conter uma serpente. Se for a jararaca, chame imediatamente a Polícia Ambiental. Ela é mortal, dependendo do tamanho da pessoa, criança principalmente. Não adianta, nunca seremos mais rápido do que o bote desta cobra; apenas um arranhão do dente dela, a pessoa já terá problema sério, perda de tecido, entre outros problemas. Nem com a cobra morta deve-se tocar nela, porque o veneno ainda está ali presente”, destaca.

Ainda de acordo com os fiscais do Meio Ambiente, no período de chuvas é muito comum as cobras saírem de seu habitat, sobretudo em busca de alimento. Por conta disso, é necessário que os moradores fiquem em alerta e saibam como agir ao se deparar com um animal.  As principais dicas são:

  • Se afaste;
  • Isole a área;
  • Faça contato imediato com a equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente pelo (27) 99951-2321.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!