• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
25.4 C
Serra
quinta-feira, 13 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
Visita inesperada:

Cobra de 1 metro ‘decide visitar’ casa de bairro da Serra e assusta moradores

Leia também

Festival apresenta 12 atrações musicais capixabas de diferentes estilos e linguagens

Doze atrações musicais capixabas com performances que entregam grito por diversidade e liberdade. E mais: dança, rock, fala, hip...

De mochilão e bicicleta, amigos vem pedalando da Argentina para conhecer belezas da Serra

Imagine conhecer o litoral brasileiro dando muitas pedaladas? Uma aventura e tanto, não é? Em busca da liberdade e...

Com investimento de mais de R$ 2 milhões, Fapes abre inscrições para bolsistas

Um investimento de R$ 2,1 milhões será destinado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A cobra foi encontrada em casa de uma família de Porto Canoa. Foto: Junior Carvalho

Uma cobra da espécie jiboia acabou causando alvoroço entre moradores da comunidade de Porto Canoa, na Serra, neste final de semana. A serpente ‘invadiu’ a residência de uma família do bairro e foi encontrada pelos proprietários do imóvel descansando num espaço destinado para a secagem de roupas. Logo após o susto do encontro inesperado, um dos residentes da casa publicou em suas redes sociais vídeos onde relata a experiência vivida e conscientiza outros populares da região – que possui uma extensa área verde – sobre a importância de preservar estes animais.

De acordo com o fotógrafo Junior Carvalho, foi sua irmã quem viu a cobra pela primeira vez. Segundo o morador de Porto Canoa, a cena é inédita em sua casa e não houve outras vezes em que o incidente ocorresse, mas salientou que, em sua região, há extensa área verde e, por este motivo, ocorrências como essa não são tão inesperadas.

“A minha irmã, Sara, foi quem encontrou. Ela levou um susto, pois tinha ido pendurar roupas no varal e viu a cobra do lado dela. Foi por volta de 20h30. Nós ficamos afastados do bicho como todos recomendam e chamamos os órgãos competentes para fazerem o resgate da cobra. A Polícia Ambiental chegou por volta das 23 horas”, explicou.

Junior disse ainda que a demora na chegada da polícia não ocorreu por ‘culpa’ dos agentes. “Eles chegaram por volta de 23h30, mas em todo o momento eles foram prestativos. O erro mesmo foi nosso. Não era para ligar para o Corpo de Bombeiros e a gente estava tentando contato com eles. Aí os Bombeiros viram que estávamos ligando toda hora e entrou em contato com o Ciodes para gente. Tem que ligar para o 190”, acrescentou.

Por fim, o fotógrafo ressaltou a importância de não maltratar ou matar estes animais. “A ideia mesmo é passar uma imagem de conscientização para não matar ou machucar. Querendo ou não é sempre a gente que invade a área deles e não eles a nossa área”, finalizou.

Para entender um pouco mais sobre o animal, o TEMPO NOVO conversou com o biólogo Cláudio Santiago. Segundo ele, a jiboia é uma cobra é inofensiva – de nome científico ‘Boa constrictor’. “É um animal inofensivo e que não é preciso ter medo, porém não se deve tocar, caso não seja habilitado para tal situação. O melhor é entrar em contato com os órgãos ambientais competentes para tomarem as devidas providências”.

Encontrou um animal silvestre? Veja o que fazer:

De acordo com a Prefeitura da Serra, os moradores que encontrarem animais silvestres devem acionar a equipe de resgate pelo telefone (27) 99951-2321. De terça-feira a domingo é possível fazer contato das 08h às 00h00. Já na segunda-feira, das 08 às 17 horas.

Também é possível acionar o Ciodes através do 190, que irá transferir o caso para a Polícia Ambiental.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!