32.4 C
Serra
terça-feira, 07 de abril de 2020

Cinco caminhoneiros são detidos e multados por descarte irregular de lixo na Serra

Leia também

Tire suas dúvidas sobre o auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal

O governo começa a pagar na quinta-feira (9) a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para pessoas...

Está proibido corte por inadimplência de alguns serviços essenciais durante pandemia

Sabemos que esse período de isolamento tem sido necessário para que possamos reduzir a curva de propagação do vírus....
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Foto: Divulgação / Prefeitura da Serra

Durante o mês de janeiro, a equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente (Semma) da Serra pegou cinco caminhoneiros em flagrante por realizar descarte irregular de entulho na cidade. Além de serem detidos, os motoristas tiveram seus veículos apreendidos e foram multados por conta da sujeira.

A ação mais recente aconteceu no último dia 25 de janeiro, quando um caminhão foi flagrado, às 18h, pela equipe do plantão de fiscalização da Semma lançando resíduos de demolição de uma obra em uma estrada entre os bairros Civit I e Maringá. O caminhão foi apreendido, o transportador e o responsável pela demolição foram multados no valor de R$ 5 mil cada.

As outras apreensões foram realizadas na Avenida Audifax Barcelos; no trevo de Jacaraípe e outras duas em Cidade Pomar, nos dias 3, 8, 9 e 23 de janeiro. Todos os veículos foram apreendidos e as multas somam R$ 30 mil. No ano passado, os bairros com maior número de ocorrências foram: Civit I, Jardim Limoeiro e Novo Porto Canoa e Solar do Porto.

Em 2018, foram retiradas cerca de 100 mil toneladas de entulho em pontos viciados da cidade. Em 2019, mais de 86 mil toneladas. O gasto anual com retirada de entulho gira em torno de R$ 7 milhões. Os moradores podem denunciar o descarte irregular de entulho enviando fotos e vídeos de flagrantes para o WhatsApp (27) 99976-2595.

Vale destacar que conforme noticiado pelo TEMPO NOVO, ‘sujões’ que forem flagrados descartando entulho irregularmente na Serra poderão ser detidos e responder por crime ambiental. Além de ser multado em até R$ 30 mil.

De acordo com a Prefeitura da Serra, essas ações de fiscalização fazem parte de um programa de combate ao entulho. Em 2019, foram cerca de noventa multas aplicadas.

Descarte correto

A Prefeitura da Serra mantém o programa João de Barro em andamento no bairro Novo Porto Canoa. No local podem ser descartados resíduos da construção civil de pequenos geradores da região. Fica na Avenida Amazonas, ao lado do Centro Comunitário. O horário de funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas. Cada morador pode levar, no máximo, 15 sacos de ráfia ou 15 carrinhos de mão de entulho, por dia.

Para destinação de entulho, o município disponibiliza também a Área de Transbordo e Triagem no Bairro Barcelona, localizada a Av. Região Sudeste, 300 metros após a entrada pela BR 101, antes do posto BKR.

Para descartar mais de 15 sacos de ráfia, o morador precisa contratar uma caçamba de empresas credenciadas que são monitoradas pela prefeitura; e tem de dar uma destinação correta para o entulho, conforme prevê a lei 4.764, de 28 de dezembro de 2017, que estabelece multa de até R$ 2.224 para quem não cumpre as regras.

Denúncias

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura da Serra, os moradores podem realizar denúncias do descarte irregular de entulho, enviando fotos e vídeos de flagrantes de irregularidades para o WhatsApp 99976-2595.

Comentários

Mais notícias

Está proibido corte por inadimplência de alguns serviços essenciais durante pandemia

Sabemos que esse período de isolamento tem sido necessário para que possamos reduzir a curva de propagação do vírus. Trabalhadores e empresários vêm sofrendo,...

Coronavírus: veja como denunciar comércios abertos na Serra

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a abertura de comércios considerados não essenciais está proibida na Serra e em outras cidades capixabas. Mesmo...

Covid-19 | 289 casos são investigados na Serra

O Espírito Santo tem 209 casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) até dados da última segunda-feira (06). O Estado já registra casos de transmissão...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem